Bakemono To Yobareta

Chiai Fujikawa (藤川千愛)

Original Tradução Original e tradução
Bakemono To Yobareta

yobisamasu koe ni furimuita tsumi de
ataerareshi mono bakemono to yobare
kami no kimagure ka toki no itazura sa
ataerareshi mono dake ga shiru urei

nozonda wake janai to
aragatta tokoro de
aisareru wake nanka naku
dare wo nikumeba ii aa

kono sekai wa subete uso to kimi ga sakende kureta nara
mou chotto dake mou chotto dake
mou chotto dake sekai wa
yurushite miyou ka na

dare o sukuu tame ni kimi o ayameru tsumi
atae rarezutomo kobore ochiru nada
tada no ibutsuda to oshikoro shita hibi
atae rarezutomo fu ni ochinu sadame

hanatte oite kurenai ka negatta tokoro de
nagasa reru wake nanka naku
boku wo hikizuridasu no aa

kono sekai ni nan no kachi mo nai to shoumei shita tokoro de
douse katte ni douse katte ni
douse katte ni sekai wa
kuruchite owaru nda yo

umare ochita imi itsuka wakaru ka na
yakusoku no ji nante
touni shizunde iru no ni
yurusareru nara ai wo ai wo ai wo
ai wo shiritakatta

kono sekai wa subete uso to kimi ga sakende kureta nara
mou chotto dake mou chotto dake
mou chotto dake sekai wa
yurushite miyou ka na

Chamado de Monstro

Pelo pecado de se voltar para a voz que o desperta
O contemplado é chamado de monstro
Um capricho de Deus? Uma travessura do tempo
Uma tristeza que só o contemplado conhece

Eu não queria isso
Mesmo que eu resistisse
Não havia razão para eu ser amada
Quem eu deveria odiar?

Esse mundo é uma completa mentira e, se você gritar
Só mais um pouco, só mais um pouco
Só mais um pouco, talvez
Eu possa tentar perdoar esse mundo

Cometi o pecado de te matar para salvar alguém
Mesmo sem eu ser um contemplado, derramei lágrimas
Aqueles dias de morte foram uma coisa estranha
E sem ser um contemplado, não posso aceitar

Você não vai me deixar só? Mesmo que eu quisesse
Não havia motivo para eu ser levada
Arraste-me para fora

Esse mundo não tem valor e, mesmo que eu provasse isso
De qualquer forma, por si só, de qualquer forma, por si só
De qualquer forma, por si só o mundo
Está decaindo e chegando ao fim

Algum dia saberei o motivo de ter nascido?
Embora a terra prometida
Esteja finalmente afundando
Se me for permitido, o amor, o amor
Eu quero conhecer o amor

Esse mundo é uma completa mentira e, se você gritar
Só mais um pouco, só mais um pouco
Só mais um pouco, talvez
Eu possa tentar perdoar esse mundo

Composição: Ryutaro Fujinaga (Elements Garden)
Enviada por George e traduzida por Matheus. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog