Duele

Chenoa

Original Tradução Original e tradução
Duele

Porque el destino es tan difícil de explicar
Yo te esperaba como siempre en aquel bar
Y poco a poco se enfriaba mi café
Igual que mi esperanza de volverte a ver

Voy reviviendo recuerdos
Mirando los besos que otros se dan
Creo escucharte a lo lejos
Y me parte el alma el ver que no estás

Y duele, duele
Sentir ese golpe en la vida que marca por siempre
No sabes cuánto duele, duele
Tragarme esta pena de un sorbo al saber que no vuelves
No sabes cuánto duele, duele

De vez en cuando vuelvo a entrar a ese lugar
Pido la misma mesa y me siento a esperar

Voy reviviendo recuerdos
Mirando los besos, que otros se dan
Creo escucharte a lo lejos
Y me parte el alma el ver que no estás

Y duele, duele
Sentir ese golpe en la vida que marca por siempre
No sabes cuánto duele, duele
Tragarme esta pena de un sorbo al saber que no vuelves
No sabes cuánto

Pienso a veces tanto en ti
Que me parece encontrarte en otras caras
Y tu silla sigue ahí
Por si quieres regresar

Y duele, duele
Sentir ese golpe en la vida que marca por siempre
No sabes cuánto duele, duele
Tragarme esta pena de un sorbo al saber que no vuelves
No sabes cuánto

Dói

Por que o destino é tão difícil de explicar
Eu te esperava como sempre naquele bar
E pouco a pouco se esfriava meu café
Igual a minha esperança de voltar a te ver

Vou revivendo lembranças
Olhando os beijos que outros se dão
Acredito te escutar ao longe
E me parte a alma em ver que você não esta

E dói, dói
Sentir esse golpe na vida que marca pra sempre
Você não sabe o quanto dói, dói
Engolir essa tristeza em um só gole ao saber que não voltaras
Você não sabe o quanto dói

De vez em quando volto a entrar nesse lugar
Peço a mesma mesa e me sento a espera

Vou revivendo lembranças
Olhando os beijos que outros se dão
Acredito te escutar ao longe
E me parte a alma em ver que você não esta

E dói, dói
Sentir esse golpe na vida que marca pra sempre
Você não sabe o quanto dói, dói
Engolir essa tristeza em um só gole ao saber que não voltaras
Você não sabe o quanto dói

As vezes penso tanto em você
Que parece que eu te encontro em outros rostos
E a sua cadeira continua aí
Caso você queira voltar

E dói, dói
Sentir esse golpe na vida que marca pra sempre
Você não sabe o quanto dói, dói
Engolir essa tristeza em um só gole ao saber que não voltaras
Você não sabe o quanto dói

Composição: Maria Laura Corradini Chenoa / Mauricio Gasca / Yoel Henríquez
Enviada por Yuzô e traduzida por Adriele. Legendado por Jessica. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog