El Fantasma de Canterville

Charly Garcia

Original Tradução Original e tradução
El Fantasma de Canterville

Yo era un hombre bueno
Si hay alguien bueno en este lugar
Pagué todas mis deudas
Pagué mi oportunidad de amar

Sin embargo estoy tirado
Y nadie se acuerda de mí
Paso a través de la gente
Como el fantasma de Canterville

Me han ofendido mucho
Y nadie dio una explicación
Ay si pudiera matarlos
Lo haría sin ningún temor

Pero siempre fui un tonto
Que creyó en la legalidad
Ahora que estoy afuera
Ya sé lo que es la libertad

Ahora que puedo amarte, nena
Yo voy a amarte de verdad
Mientras me quede aire
Calor nunca te va a faltar

Y jamás volveré a fijarme
En la cara de los demás
Esa careta idiota
Que tira y tira para atrás

He muerto muchas veces
Acribillado en la ciudad
Pero es mejor ser muerto
Que un número que viene y va

Y en mi tumba tengo merlo
Y cosas que no me hacen mal
Después de muerta nena
Vos me vendrás a visitar
Después de muerta nena
Vos me vendrás a visitar

O Fantasma de Canterville

Eu era um homem bom
Se existe alguém bom neste lugar
Paguei todas as minhas dívidas
Paguei a minha oportunidade de amar

No entanto, estou derrubado
E ninguém se lembra de mim
Passo pelas pessoas
Como o fantasma de Canterville

Me ofenderam muito
E ninguém deu uma explicação
Oh, se eu pudesse matá-los
Faria sem nenhum medo

Mas eu sempre fui um tolo
Que acreditou na legalidade
Agora que estou fora
Eu sei o que é a liberdade

Agora que posso te amar, querida
Vou amá-la de verdade
Enquanto me sobre ar
Calor nunca vai lhe faltar

E jamais voltarei a fixar-me
Na cara das outras pessoas
Essa máscara idiota
Que joga e joga para trás

Eu morri muitas vezes
Crivado de tiros na cidade
Mas é melhor ser morto
Que um número que vem e vai

E em minha sepultura eu tenho discos
E coisas que não me fazem mal
Depois de morta, querida
Você virá me visitar
Depois de morta, querida
Você virá me visitar

Composição: Charly García
Enviada por Juan e traduzida por Lucio. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog