License to Kill

Bob Dylan

Original Tradução Original e tradução
License to Kill

Man thinks 'cause he rules the earth he can do with it as he please
And if things don't change soon, he will
Oh, man has invented his doom
First step was touching the moon

Now, there's a woman on my block
She just sit there as the night grows still
She say who gonna take away his license to kill?

Now, they take him and they teach him and they groom him for life
And they set him on a path where he's bound to get ill
Then they bury him with stars
Sell his body like they do used cars

Now, there's a woman on my block
She just sit there facin' the hill
She say who gonna take away his license to kill?

Now, he's hell-bent for destruction, he's afraid and confused
And his brain has been mismanaged with great skill
All he believes are his eyes
And his eyes, they just tell him lies

But there's a woman on my block
Sitting there in a cold chill
She say who gonna take away his license to kill?

Ya may be a noisemaker, spirit maker
Heartbreaker, backbreaker
Leave no stone unturned
May be an actor in a plot
That might be all that you got
'Til your error you clearly learn

Now he worships at an altar of a stagnant pool
And when he sees his reflection, he's fulfilled
Oh, man is opposed to fair play
He wants it all and he wants it his way

Now, there's a woman on my block
She just sit there as the night grows still
She say who gonna take away his license to kill?

Licença Para Matar

O homem pensa que só porque manda no mundo, ele pode fazer tudo o que lhe dá prazer
E se as coisas não mudam logo, ele mudará
Ah, o homem inventou seu próprio apocalipse
O primeiro passo foi pisar na lua

Agora, há uma mulher no meu quarteirão
Ela senta lá enquanto a noite cresce calmamente
Ela diz: quem vai tirar dele a licença pra matar?

Agora, eles o pegam e o ensinam e o preparam para a vida
E o mandam por uma caminho em que ele adoecerá
Aí o enterram com estrelas
Vendem seu corpo como vendem carros usados

Agora, há uma mulher no meu quarteirão
Ela senta lá enquanto a noite cresce calmamente
Ela diz: quem vai tirar dele a licença pra matar?

Agora, ele está determinado a destruir, ele está com medo e confuso
E seu cérebro foi manipulado com perícia
Ele só acredita em seus olhos
E seus olhos só dizem mentiras

Agora, há uma mulher no meu quarteirão
Ela senta lá enquanto a noite cresce calmamente
Ela diz: quem vai tirar dele a licença pra matar?

Você pode ser barulhento, espirituoso
Cafajeste, bom de cama
Não deixar pedra sobre pedra
Pode ser um ator cumprindo seu papel
que pode ser tudo o que você possui
Até com seus erros você pode aprender

Agora ele cultua em um altar de uma piscina inerte
E quando vê seu reflexo, ele está realizado
Ah, o homem é o oposto do jogo limpo
Ele quer tudo e tudo do seu jeito

Agora, há uma mulher no meu quarteirão
Ela senta lá enquanto a noite cresce calmamente
Ela diz: Quem vai tirar dele a licença pra matar?

Composição: Bob Dylan
Enviada por Roger e traduzida por J.. Revisão por Julia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog