LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

We Will Rock You: conheça o significado do clássico do Queen

Por Dora Guerra

21 de Maio de 2020, às 12:00


Conhecida como uma das maiores bandas do rock clássico que já existiram, o Queen é um grupo que fez história. Quem nunca ficou arrepiado quando ouviu Freddie Mercury cantar, afinal? 

Com músicas como Bohemian Rhapsody, Somebody To Love e Don’t Stop Me Now, a banda nunca teve medo de flertar com outros gêneros, misturar rock com ópera, com disco e com o que mais viesse no caminho.

Queen
Créditos: Divulgação

Por isso, hoje vamos falar de um dos maiores hinos do grupo, composto por Brian May e feito especialmente pra gente: os fãs. Isso mesmo, o papo de hoje é sobre We Will Rock You!

Vamos te contar tudo sobre a história da música, o significado da letra e o que mais você precisar saber pra curtir ainda mais essa canção incrível. Vem ver:

O significado da música We Will Rock You

Quem viu o filme Bohemian Rhapsody deve se lembrar da cena: no estúdio, Brian May conta sobre uma ideia que teve para uma música perfeita pra curtir nos grandes shows

Isso foi resultado de um Queen que já vinha fazendo muitos shows ao vivo para públicos enormes — e a ideia de incluí-los nas músicas era bastante genial, né?

Foi daí que May pensou nessa batida simples e contagiante de We Will Rock You, aquele tum-tum-pá: duas batidinhas do pé no chão e uma palma. Mesmo em um estádio lotado, você teria espaço pra fazer esse movimento sem problema e pronto: você é parte da música. 

Para acompanhar essa batida, May diz ter escrito uma letra que contava uma história deprimente sobre a futilidade do ser humano, que resultou em uma música contagiante.

Ah, outra curiosidade interessante: a canção foi gravada em uma igreja vazia porque o grupo adorava a acústica!

Análise da letra de We Will Rock You

A música pode ser entendida em três fases: um relato sobre a infância, a juventude e a velhice de um homem. Vamos dar uma olhada nos versos?

Buddy, you’re a boy, make a big noise (Amigo, você é um garoto, faça um barulhão)
Playing in the street, gonna be a big man some day (Tocando na rua, vai ser um grande homem algum dia)

A letra começa otimista: os versos conversam com quem ouve, falando que você ainda é jovem e pode se tornar alguém um dia. Isso de falar com o ouvinte faz total sentido para uma música que é feita para a gente, né? 

Mas a música não deixa de ser um relato sobre alguém, ou uma espécie de sermão:

You got mud on your face, you big disgrace (Você tem lama no seu rosto, sua grande desgraça)
Kicking your can all over the place (Chutando sua lata pra todo lugar)
Singing (Cantando)

Já nessa parte, o narrador/vocalista começa a criticar a pessoa com quem conversa. Quando ele fala sobre “chutar a lata por aí”, isso pode ter tanto uma interpretação literal — ele fala de uma criança que fica por aí distraída, chutando uma latinha — quanto uma interpretação subjetiva. 

A expressão inglesa kicking the can down the road significa atrasar uma decisão, na esperança de que o problema irá passar. Portanto, esse verso também pode ser uma crítica ao comportamento pouco responsável do personagem.

Essa estrofe nos dá a deixa para o refrão: nesse último verso, o nosso interlocutor nos conta que o personagem faz tudo isso enquanto canta. Canta o que?

We will, we will rock you (Nós vamos, nós vamos sacudir você)
We will, we will rock you (Nós vamos, nós vamos sacudir você)

Pela história, a gente imagina um garoto cantarolando esses versos sem se preocupar muito com o que eles significam. 

Mas não quer dizer que os versos não signifiquem nada: we will rock you pode ser entendido como nós vamos te destruir/sacudir, coisa que a sociedade de fato faz com quem “dá bobeira”. 

Podemos encarar o rock no sentido de rock’n’roll também: lá no estádio, cantando esses versos a plenos pulmões, com certeza isso se torna um hino entre o público. E são eles que gritam nós vamos te sacudir ou, ainda nós vamos te trazer o rock.

Buddy, you’re a young man, hard man (Amigo, você é cara jovem, um cara difícil) 
Shouting in the street, gonna take on the world some day (Gritando na rua, vai enfrentar o mundo algum dia)

Esse trecho faz um contraste com os versos que abrem a música. Agora, a pessoa com quem o vocalista fala é um jovem adulto, que agora grita na rua para chamar atenção. 

O narrador repete: você vai dominar o mundo algum dia, mas agora parece ter uma certa ironia, tipo “você acha que vai dominar o mundo algum dia”. 

You got blood on your face, you big disgrace (Você tem sangue no seu rosto, sua grande desgraça)
Waving your banner all over the place (Agitando sua bandeira por todo lugar)

Talvez a pessoa seja uma ativista política, que está sangrando de lutar pelos seus ideias e “agitar sua bandeira por aí”. 

Mas como já contamos, essa música é bastante pessimista e agora, de fato, parece que é a sociedade conversando com a gente — de nada adianta seu ativismo, nós vamos o destruir. E é assim que o refrão entra de novo.

Buddy, you’re an old man, poor man (Amigo, você é um homem velho, pobre homem) 
Pleading with your eyes, gonna make you some peace some day (Suplicando com seus olhos, vai causar alguma paz algum dia)

O tempo passou e agora a pessoa com quem o narrador conversa já envelheceu. Agora ele “desperdiçou” a vida e não chegou a lugar nenhum.

E implora com os olhos, o que pode ser uma referência à pessoa tendo que pedir dinheiro na rua como forma de sobreviver.

Ainda assim, o vocalista não tem dó da pessoa e segue a xingando — sempre insatisfeito. E argumenta que alguém precisa colocar a pessoa no lugar, onde entra o refrão novamente.

Afinal, talvez a música seja uma crítica sobre como a sociedade nos trata mal e nos condena quando não seguimos o padrão de ter uma vida perfeita, com família e dinheiro no bolso. 

A letra é uma forma de dizer que, para o sistema, somos insignificantes com nossos ideais e crenças. Pesado, né?

Saiba mais sobre o Queen

Apesar de ter perdido uma de suas maiores forças depois que Freddie Mercury faleceu, o Queen se apresenta até hoje, lembrando o público dos inúmeros hinos que a banda criou. São músicas que emocionam gerações e gerações e botam todo mundo pra cantar.

Com tanto tempo de carreira, é claro que tem várias histórias pra contar sobre o Queen. A banda britânica surgiu em 1970 e é recordista de vendas, pioneira em várias sonoridades e propostas diferentes. E passou por muita estrada, né?

Pensando nisso, fizemos um post só pra contar um pouquinho dos vários fatos curiosos que envolvem o grupo. Ficou com vontade de ler? Vem conhecer as principais curiosidades sobre a banda Queen!

Curiosidades sobre a banda Queen

Continue lendo sobre rock: