Analisando letras

Conheça o significado de Chandelier, grande sucesso da Sia

Por Érika Freire

21 de Janeiro de 2022, às 19:00


Mesmo escondendo o rosto e evitando os holofotes, a cantora Sia construiu uma carreira de sucesso na música pop com diversos hits.

Um deles é Chandelier, presente no álbum 1000 Forms of Fear, lançado em 2014. A canção se tornou um dos maiores sucessos de Sia, que a compôs em menos de uma hora, acredita?

Cena do clipe de Chandelier, da Sia
Cena do clipe de Chandelier / Créditos: Divulgação

A melodia pop, convida a dançar, ainda mais por conta do clipe, estrelado pela bailarina Maddie Ziegler, que participou também dos clipes Elastic Heart, Big Girls Cry, Cheap Thrills e The Greatest.

Porém, o significado de Chandelier é um tanto sombrio. Quer saber qual é? A gente te conta tudo! 

Significado de Chandelier, da Sia

A música Chandelier fala sobre uma garota que aparenta ser feliz, mas que usa álcool e drogas para lidar com sua depressão e seus medos. De certa forma, a letra apresenta nuances da própria trajetória de Sia, que sofreu com crises de depressão e pânico. 

Tatuagens da Sia
Créditos: Divulgação

Escrita pela própria Sia, em parceria com Greg Kurstin e Jesse Shatkin, Chandelier foi eleita, pela revista Billboard, a melhor música de 2014.

Somente no dia de lançamento do videoclipe, a canção atingiu mais de um milhão de visualizações, demonstrando o poder de Sia na música pop. 

Mas vamos entender melhor o significado de Chandelier na análise dos versos. 

Análise dos versos de Chandelier

Party girls don’t get hurt (Garotas festeiras não sentem dor)
Can’t feel anything, when will I learn? (Não sentem nada, quando vou aprender?)
I push it down, push it down (Eu bebo mais, bebo mais)

Em Chandelier, a cantora Sia aborda a ilusão das festas regadas a muita bebida. Ela mesma chegou a comentar que escreveu a música com a ideia de contrapor o que costumava ouvir em outras canções pop sobre garotas baladeiras.

No primeiro verso, ela sugere que as garotas festeiras não sentem dor e se coloca neste universo, se questionando sobre quando irá aprender. Ela quis escrever ao diferente, fazendo contrapontos entre diversão, depressão, baixa autoestima… 

I’m the one for a good time call (Se eles querem diversão, eles me ligam)
Phone’s blowing up, ringing my doorbell (Celular está tocando, tocam minha campainha)
I feel the love, feel the love (Eu sinto o amor, sinto o amor)

Pelo fato da personagem da canção ser procurada, ela sente como se fosse amada, de alguma maneira, mas no fundo entende que eles querem apenas diversão. Não há uma relação sincera de afeto. 

One, two, three, one, two, three, drink (Um, dois, três, um, dois, três, bebo)
Throw ‘em back till I lose count (Bebo todas, até perder a conta)

Reconhece beber todas até perder a conta. Sia chegou a compor para diversos artistas da música pop como Beyoncé, Britney Spears, Katy Perry, Rihanna, Shakira, Flo Rida, entre outros.

Porém, sentiu que precisava, ela mesma, interpretar a música Chandelier. 

I’m gonna swing from the chandelier (Eu vou me balançar no lustre)
I’m gonna live like tomorrow doesn’t exist  (Eu vou viver como se não houvesse amanhã)
I’m gonna fly like a bird thro ugh the night (Eu vou voar como um pássaro pela noite)
Feel my tears as they dry (Vou sentir minhas lágrimas secarem)

Chega-se no ponto alto da festa, depois de muita bebida, ela começa a sair de si e diz que vai se balançar no lustre. Vem daí o título da música.

É como um ato de liberdade, mas também representa uma inconsequência de alguém que se ilude e que não tem controle sobre si mesma. 

But I’m holding on for dear life (Mas estou aguentando firme pela vida bela)
Won’t look down, won’t open my eyes (Não olharei para baixo, não abrirei os olhos)
Keep my glass full until morning light (Mantenho o copo cheio até amanhecer)
‘Cause I’m just holding on for tonight (Porque estou só aguentando firme esta noite)
Help me, I’m holding on for dear life (Socorro, estou aguentando firme pela vida bela)

De uma certa maneira, ela tem consciência de que vive uma ilusão, de que não está bem mentalmente e a festa é como uma válvula de escape.

Poder ficar com o copo cheio, bebendo até de manhã, serve para fugir dos problemas, pelo menos naquele período. 

Sun is up, I’m a mess (O Sol nasceu, estou destruída)
Gotta get out now (Tenho que sair agora)
Gotta run from this (Tenho que fugir disso)
Here comes the shame (Aí vem a vergonha)

Amanheceu e a sensação é de cansaço, um cenário de destruição, externo e interno. Ela se dá conta do erro, se sente pior e é tomada por uma vergonha. 

Ela sabe que precisa acabar com isso, sabe que precisa fugir dessas ciladas e ir ao encontro de sua versão mais equilibrada e saudável.

O significado do clipe de Chandelier, da Sia

Dirigido por Sia e Daniel Askell, o videoclipe de Chandelier tem como cenário um apartamento um tanto vazio, com quadros antigos na parede. Parece até um lugar meio abandonado.

Ao invés de ilustrar com uma party girl, tema central da música Chandelier, Sia optou por não cair no óbvio. Sempre muito criativa, ela capricha nas produções de seus videoclipes e em Chandelier não foi diferente.

A bailarina Maddie Ziegler é a única presente no apartamento. Ela dança, faz caras e bocas pelos cômodos. É como se interpretasse a mente conturbada da Sia, a confusão de sentimentos

A coreografia foi criada por Ryan Heffington e expressa também uma certa solidão, embora a personagem não se intimide. Ela segue a sua dança, mesmo dentro da sua própria loucura. Mais uma grande obra de Sia. 

Conheça o significado do clipe Elastic Heart

Como podemos observar com o significado de Chandelier, Sia não brinca em serviço e a cada clipe lançado ela leva os fãs ao delírio. O clipe Elastic Heart causou polêmica e diversas interpretações foram construídas na época do lançamento.

Mas afinal, qual será o significado do clipe Elastic Heart? A gente te conta tudinho! 

Aproveite para conferir: