LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

Conheça a história da música Aquarela, de Toquinho

Por Camila Fernandes

24 de Outubro de 2019, às 20:00


Todo mundo tem um artista escondido dentro de si, ainda que beeeem lá no fundo. A música Aquarela, mais do que uma canção infantil, desperta esse sentimento de encantamento pela arte e pelo sonho. 

Quem nunca pensou em tentar (ou tentou) seguir os passos do desenho descrito pela música? Nem precisa gostar de desenhar pra se arriscar nessa brincadeira!

A letra de Aquarela remete à imaginação da criança, e, por isso mesmo, é uma música nostálgica, que faz lembrar da infância.

Mas você sabia que a melodia de Aquarela foi baseada em outras duas canções? E que a letra não é brasileira? Essa música é cheia de curiosidades! Bora saber mais sobre essa história?

História da música Aquarela

Tudo começou com uma novela na década de 70, época em que a TV ainda era em preto e branco. Fogo Sobre Terra entrou em exibição na Rede Globo no dia 8 de maio de 1974, tendo o poeta Vinicius de Moraes como um de seus diretores. 

Nessa época, Vinicius e Toquinho já eram grandes amigos, e é claro que a trilha sonora da novela dirigida por Vinícius precisava ter uma música dos dois.

Essa parceria artística é bem conhecida: eles compuseram juntos mais de 120 canções, gravaram em torno de 25 discos e fizeram mais de mil apresentações. Uma das parcerias mais famosas dos dois é a canção A Casa, escrita por Vinicius como um poema. 

Vinicius de Moraes e Toquinho
Vinicius de Moraes e Toquinho / Créditos: Divulgação

Primeira versão: Uma Rosa Em Minha Mão

Toquinho compôs uma melodia, Vinícius escreveu a letra, e assim nasceu a música Uma Rosa Em Minha Mão. A canção virou trilha da personagem Chica Martins, uma mulher disputada por dois irmãos, que cresceu sonhando em ficar rica e se mudar para a cidade grande.

A música tem uma letra bem curtinha, que fala, resumidamente, sobre alguém que está a procura da felicidade e ainda não conseguiu encontrar o caminho certo. 

Reconhece essa melodia? Qualquer semelhança com Aquarela não é mera coincidência! 

Versão em italiano: Acquarello

Algum tempo depois, no começo da década de 80, o músico italiano Maurizio Fabrizio veio até o Brasil para trabalhar com Toquinho.

Os dois nunca haviam trabalhado juntos antes, mas logo de cara o encontro já rendeu canções que preencheram 4 discos, além da música que viria a se tornar um fenômeno mundial. 

Maurizio mostrou a Toquinho uma música que tinha acabado de compor e o cantor notou que uma parte da melodia era bem parecida com a de Uma Rosa Em Minha Mão.

Foi aí que os dois tiveram a ideia de unir as duas músicas. Assim nasceu a melodia de Aquarela como conhecemos hoje, que, de acordo com Toquinho, ficou pronta em menos de dez minutos. 

A letra da música foi originalmente escrita em italiano por Guido Moura, e recebeu o título de Acquarello. Ela foi gravada por Toquinho na Itália em 1983 e lançada no álbum de mesmo nome, alcançando rapidamente o primeiro lugar nas rádios italianas. 

Versão final: Aquarela

De volta ao Brasil, e depois de todo o sucesso que a música fez na Itália, Toquinho decidiu gravar uma versão em português. Ele optou por fazer uma tradução literal da letra italiana, e acertou em cheio. 

Pouco tempo depois de ser lançada, a música já foi escolhida como tema para um comercial de TV da Faber-Castell.

A propaganda original fez tanto sucesso, que a marca investiu em várias outras versões no decorrer dos anos e, é claro, Aquarela se tornou um fenômeno nacional e a música mais bem-sucedida da carreira de Toquinho. 

De lá pra cá, a fama de Aquarela não diminuiu. A música continua fazendo sucesso na trilha sonora de novelas infantis como Carrossel (2013) e Carinha de Anjo (2018). Também em 2018, Aquarela ainda foi tema do filme infantil D. P. A. 2 – O Mistério Italiano.

Análise da letra

Agora que você já conhece toda a história de Aquarela, que tal entender melhor a letra da música?

Numa folha qualquer
Eu desenho um Sol amarelo
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo

A música começa nos falando sobre a capacidade que só a criança tem de fazer qualquer coisa se tornar brinquedo: numa folha qualquer, sem nada de especial, a imaginação começa a fluir.

Corro o lápis em torno da mão
E me dou uma luva
E se faço chover, com dois riscos
Tenho um guarda chuva

Dá até pra imaginar a cena de uma criança desenhando, né? A música descreve os traços que começam sem rumo e aos poucos vão ganhando forma. Quem nunca fez dois riscos no papel e foi correndo falar pros pais que tinha desenhado uma pessoa?

Se um pinguinho de tinta
Cai num pedacinho azul do papel
Num instante imagino
Uma linda gaivota a voar no céu

A mensagem é simples: quando algo dá errado, é só usar a imaginação pra consertar.

Vai voando, contornando
A imensa curva norte-sul
Vou com ela viajando
Havaí, Pequim ou Istambul

Na mente da criança, o desenho ganha vida e a imaginação voa. É através dela que se atravessa fronteiras e se conhece o mundo sem sair do lugar.

Pinto um barco a vela
Branco navegando
É tanto céu e mar
Num beijo azul

O beijo azul é a linha de encontro entre o céu e o mar. Por meio da imaginação, é possível navegar em ambos.

Entre as nuvens vem surgindo
Um lindo avião rosa e grená
Tudo em volta colorindo
Com suas luzes a piscar

A letra nos convida não só a imaginar o desenho, mas a pensar nele como algo vivo e que se movimenta. Além disso, o autor enfatiza as cores, que são muito importantes no universo infantil.

Basta imaginar e ele está partindo
Sereno e lindo
E se a gente quiser
Ele vai pousar

Mais uma vez, a música destaca o poder da imaginação da criança: o avião desenhado pode estar decolando ou pousando, depende da história que ela quiser contar.

Numa folha qualquer
Eu desenho um navio de partida
Com alguns bons amigos
Bebendo de bem com a vida

Aqui começamos um novo desenho. Alguns entendem que a segunda parte da música marca a passagem para a vida adulta, e vem mostrar que mesmo com as complexidades que ela traz, tudo ainda pode ser muito simples, é só imaginar.

De uma América a outra
Consigo passar num segundo
Giro um simples compasso
E num círculo eu faço o mundo

O autor nos convida a imaginar que podemos ter o mundo todo dentro de uma folha.

Um menino caminha
E caminhando chega no muro
E ali logo em frente a esperar
Pela gente o futuro está

E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo nem piedade
Nem tem hora de chegar

Nessas duas estrofes a música deixa a imaginação um pouco de lado e começa a falar sobre o futuro, que chega de forma inesperada. Diferente da imaginação, esse futuro não pode ser controlado por nós, ainda que tentemos.  

Sem pedir licença
Muda nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar

Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar

Queiramos ou não, o futuro chega e a criança cresce. Esse futuro sobre o qual não temos controle pode ser bom ou ruim, e não cabe a nós tentar descobrir nada antes da hora certa, porque ninguém sabe do fim.  

Vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela que um dia enfim
Descolorirá

Apesar de tudo isso, a letra nos convida a pensar na caminhada da vida como algo belo e positivo.

Desenhamos uma passarela e seguimos por ela, ou seja, imaginamos um futuro e um caminho para chegar até ele. É inevitável, no entanto, que essa imagem se apague com o passar do tempo. 

Numa folha qualquer
Eu desenho um Sol amarelo
Que descolorirá

E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo
Que descolorirá

Giro um simples compasso
E num círculo eu faço o mundo
Que descolorirá

Nas três últimas estrofes, a música retoma versos de outras partes e repete o descolorirá, que é o mesmo que desbotará ou perderá a cor.

Nossa imaginação de criança inevitavelmente se apagará um dia, mas isso não precisa necessariamente ser entendido como algo ruim.

A música pode querer dizer que os sonhos de criança saem para abrir espaço para novos desejos.

Ouça mais músicas de Toquinho

E aí, gostou de saber um pouco mais sobre a história da música Aquarela e o significado da letra? Ela é sem dúvidas um dos maiores sucessos de Toquinho, mas o cantor também é autor e intérprete de várias outras músicas incríveis, infantis e adultas.

É só dar o play nas músicas mais ouvidas do Toquinho pra descobrir!

Cantor Toquinho
Créditos: Divulgação