LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Analisando letras

Comfortably Numb: o significado da enigmática letra do Pink Floyd

Por Lorena Camilo

12 de Dezembro de 2019, às 19:00


O álbum duplo The Wall, lançado em 1979, é uma obra-prima da banda Pink Floyd. Entre várias músicas do segundo disco que se destacam, uma delas é a sexta faixa, a famosa Comfortably Numb.

Encarte do álbum The Wall, do Pink Floyd
Encarte do álbum The Wall / Créditos: Divulgação

Para entender cada uma das faixas de The Wall, é preciso saber do conceito por trás do álbum: as músicas, juntas, constroem uma narrativa sobre a vida do personagem Pink, que conta de sua infância até a vida adulta.

O que essa música tem a ver com a vida de Pink? Vem desvendar o que há por trás da faixa Comfortably Numb!

A narrativa e o significado de Comfortably Numb

Muita gente que escuta Comfortably Numb acredita que a letra trata, basicamente, sobre a experiência de uso de drogas.

Até usam o trecho just a little pin prick (só uma pequena picada), e a palavra numb (entorpecido) do título para reforçar essa teoria.

Mas, dependendo de como for interpretada, a palavra numb pode ter dois sentidos: pode significar desânimo, falta de vontade, ou um entorpecimento por conta do uso de alguma substância.

Para desmistificar essa tal teoria, o próprio autor da composição, Roger Waters, já disse que a letra não trata sobre o uso de drogas. Na verdade, essa música, assim como as demais do álbum, narra acontecimentos da própria vida de Roger, que são refletidos pela história de Pink.

Cantor Roger Waters
Roger Waters / Créditos: Divulgação

O álbum The Wall narra diversos altos e baixos da vida do personagem que, em certo momento, quer se isolar de tudo e todos.

Por causa de todos esses acontecimentos, o personagem vai ficando ainda mais apático, sem vontade de fazer nada. Ou seja, ele vai ficando entorpecido.

Ficou curioso para entender melhor esse entorpecimento? Vem conferir a análise dos versos da música. 

Análise de Comfortably Numb

Que tal acompanhar a análise com a canção? Dá o play em Comfortably Numb:

Hello (Olá)
Is there anybody in there? (Tem alguém aí?)
Just nod if you can hear me (Apenas acene se puder me ouvir)
Is there anyone at home? (Tem alguém em casa?)

A primeira estrofe começa com um sujeito entrando em um local desconhecido e, aparentemente, procurando alguém. Pelo conceito do álbum sabemos que a pessoa procurada é Pink.

Come on now (Vamos lá)
I hear you’re feeling down (Ouvi dizer que você está se sentindo para baixo)
Well, I can ease your pain (Bem, eu posso aliviar sua dor)
And get you on your feet again (E te pôr de pé de novo)

A letra dá um pequeno salto: a pessoa entrou no local e encontrou Pink. É nítido que o personagem da odisseia se encontra deprimido, sem forças e desconectado com o mundo ao seu redor. 

Relax (Relaxe)
I’ll need some information first (Eu precisarei de algumas informações primeiro)
Just the basic facts (Apenas coisas básicas)
Can you show me where it hurts (Você pode me mostrar onde dói?)

O sujeito, percebendo a apatia de Pink, oferece ajuda, pergunta onde dói e o que pode fazer para fazê-lo se sentir melhor.

There is no pain, you are receding (Não há dor, você está regredindo)
A distant ship’s smoke on the horizon (Uma fumaça de um navio distante no horizonte)
You are only coming through in waves (Você só vem em ondas)
Your lips move but I can’t hear what you’re saying (Seus lábios se movem mas não consigo ouvir o que está dizendo)

Podemos deduzir que Pink não está com nenhuma ferida em seu corpo. A dor do personagem é emocional, que o faz se sentir angustiado e deprimido.

Ele tenta verbalizar o que sente, mas não consegue explicar e falar de forma compreensível e audível. 

When I was a child I had a fever (Quando eu era criança eu tive uma febre)
My hands felt just like two balloons (Minhas mãos pareciam dois balões)
Now I’ve got that feeling once again (Agora eu tenho essa sensação mais uma vez)
I can’t explain, you would not understand (Eu não posso explicar, você não entenderia)
This is not how I am (Não é assim que eu sou)
I have become comfortably numb (Eu me tornei confortavelmente entorpecido)

Nessa estrofe quem fala é Pink. Ele se recorda de um momento de sua infância, e associa a sensação de torpor da febre com o desconforto e com a tristeza que está sentindo no tempo presente.

Com os altos e baixos de sua vida, com as desilusões e tristezas, ele foi se desligando e afastando de tudo e todos. Por causa disso que ele afirma: eu me tornei confortavelmente entorpecido.

Como já contamos, partes desta letra podem ser associadas a momentos da vida do músico Roger Waters. O cantor já declarou que, nessa estrofe, ele se inspirou de uma ocasião em que esteve doente, com variações entre picos de febre e de dor. 

I have become comfortably numb (Eu me tornei confortavelmente entorpecido)

Podemos pensar que Pink diz que se tornou confortavelmente entorpecido porque ele não tinha mais forças para lutar contra o torpor. Ele se rendeu às situações.

Ok (Ok)
Just a little pin prick (Só uma pequena picada de agulha)
There’ll be no more (Não haverá mais)
Harm (Dano)
But you may feel a little sick (Mas você pode sentir um mal estar)
Can you stand up? (Você pode se levantar?)
I do believe it’s working, good (Eu acredito que esteja funcionando, ótimo)
That’ll keep you going, through the show (Isso manterá você de pé durante o show)
Come on it’s time to go (Vamos, é hora de ir)

Aqui, quem fala é o sujeito da primeira estrofe. Ele aplica um medicamento em Pink que, assim como Waters, também é músico. Por essa razão, um dos versos diz que ele irá melhorar para o show.

Show Pink Floyd
Pink Floyd em show / Créditos: Divulgação

Essa é outra estrofe baseada na vida de Waters. No show do dia 29 de junho de 1977, na Arena Spectrum, o músico estava com dores e aplicaram nele uma injeção.

Ele foi medicado para que desse conta de se apresentar, já que os membros da banda, assim como seus fãs, contavam com sua presença.

There is no pain you are receding (Não há dor, você está regredindo)
A distant ship’s smoke on the horizon (Uma fumaça de um navio distante no horizonte)
You are only coming through in waves (Você só vem em ondas)
Your lips move, but I can’t hear what you’re saying (Seus lábios se movem mas não consigo ouvir o que diz)

A seguir a última estrofe da composição…

When I was a child (Quando eu era criança)
I caught a fleeting glimpse (Tive uma visão fugaz)
Out of the corner of my eye (Pelo canto do meu olho)
I turned to look but it was gone (Eu virei para olhar mas tinha sumido)
I cannot put my finger on it now (Eu não consigo por meu dedo nela agora)
The child is grown (A criança cresceu)
The dream is gone (O sonho se foi)
And I have become (E eu me tornei)
Comfortably numb (Confortavelmente entorpecido)

Pink volta a se lembrar de sua infância, associando os seus sentimentos com o momento atual. Ele percebe que cresceu, que a vida não é um mar de rosas como imaginava e que a realidade pode ser muito amarga.

Por fim, o personagem se vê totalmente entorpecido diante dos acontecimentos e escolhas que fez em sua vida. 

Cenas de Comfortably Numb no filme The Wall

A odisseia de Pink foi registrada também no filme The Wall, dirigido por Alan Parker e lançado em 1982. O roteiro do longa-metragem foi escrito pelo próprio vocalista e baixista Roger Waters! 😱 

A odisseia de Pink narra a infância e a vida adulta do astro de rock que, por conta do seu isolamento social, acaba enlouquecendo. Dá play e confira as cenas que correspondem a música Comfortably Numb no filme:

Nesse vídeo vemos Pink muito deprimido e entorpecido. A equipe de sua banda o encontra desacordado e tenta reanimá-lo para que ele consiga apresentar o seu show. Inclusive, tem até a referência à tal injeção com medicamento.

No decorrer do vídeo Pink está vagando entre flashbacks e cenas irreais. Ele se recorda de momentos de sua infância, além de imaginar pessoas autoritárias que marcaram sua vida, como a sua mãe, seu pai, seu professor e o exército.

Ficou curioso para saber mais? A gente super recomenda que você assista o filme! 🎥

Fique por dentro da narrativa de The Wall

Curtiu saber o significado de Comfortably Numb? Para continuar descobrindo mais sobre as letras do álbum The Wall e sobre a odisseia de Pink, leia também a análise da música Another Brick In The Wall.

Análise Another Brick In The Wall

Gosta de análise de letras? Você também vai gostar de…