LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Listas musicais

Olha ele aí: só as melhores de Eduardo Costa

Por Rafaela Damasceno

16 de Junho de 2020, às 19:00


Com mais de 25 anos de carreira, Eduardo Costa é referência em um dos estilos musicais brasileiros mais famosos: o sertanejo. 

Eduardo Costa
Créditos: Divulgação

Sempre se reinventando, o artista vive na boca do povo, seja pelas canções emblemáticas ou pelas muitas polêmicas que ele provoca.

A sua última declaração que deu o que falar foi depois da live com Leonardo, em que ele chegou a dizer que vai abandonar a carreira artística. 

Se é verdade ou mentira, só o futuro vai dizer. Mas, caso isso aconteça, já é bom relembrarmos as melhores músicas do Eduardo Costa, não é mesmo? 😉

As melhores de Eduardo Costa

O sertanejo universitário veio para ficar e um dos nomes que ajudou a consolidar esse estilo foi Eduardo Costa. Então, que tal conhecer as mais tocadas?

Ainda Tô Aí

É sempre bom dar a volta por cima depois de uma desilusão amorosa. Mas tem gente que se sente ainda melhor ao saber que a pessoa ainda pensa nela. 

Ainda Tô Aí é sobre essas duas situações. Se é o que você está vivendo agora, não deixe de ouvir a música:

Amor de Violeiro

Você consegue imaginar como é sentir um Amor de Violeiro? O Eduardo Costa te mostra: 

Moça, eu não tenho dinheiro

Minha riqueza eu vou te contar
É o braço da viola, moça
Eu só sei cantar

Sou Seu Fã Nº 1

Quando é amor, tudo sobre a pessoa nos agrada. A personalidade, o corpo, a voz… são detalhes que fazem o sentimento crescer cada dia mais 🥰

Se você ama alguém e quer expressar esse sentimento, Sou Seu Fã Nº 1 é a música ideal, perfeita para serenatas e homenagens. 

Olha Ela Aí

Um dos maiores sucessos de Eduardo Costa é Olha Ela Aí. Lançada há pouco tempo, a galera já reconhece o ritmo nos shows e sabe a letra de cor. 

Aproveite para curtir também o clipe, que foi filmado em uma das regiões mais bonitas dos arredores de Belo Horizonte, a Serra do Rola Moça:

A Carta

Em A Carta, o cantor faz a regravação de uma das duplas sertanejas mais antigas e famosas do Brasil: Milionário e José Rico. O resultado é uma canção cheia de significado e emoção. 

A letra até parece história de filme. Se você ainda não conhece, vale a pena prestar atenção:

10 duplas sertanejas antigas para relembrar o sertanejo raiz 

Separação (part. Leonardo)

Ao lado de Leonardo, Eduardo Costa lançou o projeto Cabaré. Juntos, eles realizaram shows por todo o país, apresentando as principais músicas sertanejas que fizeram e fazem a alegria do público até hoje. 

Separação é um exemplo de produção da dupla, que encanta os fãs. 

Me Apaixonei (A Primeira Vez Que Eu Te Vi)

Impossível escutar Me Apaixonei (A Primeira Vez Que Eu Te Vi) e não se lembrar daquela paixão arrebatadora, que fazia o seu coração bater mais forte, sabe? 😍

Nesta música, o cantor mostra todo o seu romantismo ao se declarar para uma pessoa por quem sentiu amor à primeira vista. 

Saudade

O pessoal que gosta do sertanejo raiz deve se lembrar que Saudade é uma regravação da dupla Chrystian & Ralf, lançada lá na década de 1980. O bom é que a nova versão contribuiu para que a música continuasse viva no coração dos fãs. 

Vale a pena conferir o clipe, que foi filmado na própria fazenda do cantor:

Dois Corações e Uma História

Um verdadeiro clássico, Dois Corações e Uma História já foi trilha sonora de muitos casais apaixonados, principalmente daqueles que não suportam ficar separados um do outro.

E longe um do outro, a vida é toda errada
O homem não se importa com a roupa amarrotada
E a mulher em crise, quantas vezes chora
A dor de ter perdido um grande amor que foi embora

Acabou o Amor

É muito doloroso aceitar que Acabou o Amor. O que a gente muitas vezes esquece é que essa é uma angústia compartilhada por várias pessoas em diversos momentos da vida.

Para superar a fossa com mais tranquilidade, é sempre bom contar com músicas que traduzem os nossos sentimentos. Se este for o seu caso, aproveite a voz amiga de Eduardo Costa: 

Um pouco sobre a trajetória do cantor

Eduardo Costa nasceu com o nome Edson, em Belo Horizonte, no ano de 1978. Passou a infância no interior de Minas Gerais e, ainda menino, já trabalhava para ajudar a família, vendendo de porta em porta picolés, legumes e verduras.

Eduardo Costa quando criança
Eduardo Costa quando criança / Créditos: Divulgação

Na adolescência, aos 16 anos, resolveu se dedicar à música ao participar da Banda K&Pira. Infelizmente, o grupo não durou muito. Anos depois, montou a dupla Eduardo e Cristiano, que também não foi para a frente. 

Diante desses projetos inacabados, só lhe restou a carreira solo. O seu primeiro CD, O Menino de Goiás, foi lançado em 1998.

Apesar da produção independente, ele foi muito tocado em barzinhos, festas e encontros de universitários.

Capa do CD O Menino de Goiás
Capa do CD O Menino de Goiás / Créditos: Divulgação

O sucesso chamou a atenção da gravadora Velas, com a qual o cantor assinou contrato em 2001 e gravou várias canções marcantes.

Em 2006, começou a parceria com Leonardo ao assinar com o escritório Talismã Music. Foi ao lado dele que Eduardo se consagrou nacionalmente como um grande nome do sertanejo e continua a chamar a atenção do público a cada nova produção! 

Para entrar ainda mais no clima do modão

Eduardo Costa não é conhecido só por suas melhores composições, mas também por interpretar músicas antigas.

Se você é fã desse estilo e quer aproveitar para ouvir mais alguns sucessos de outras gerações, relembre as melhores músicas sertanejas antigas que valem a pena ouvir de novo!  

Músicas sertanejas antigas