O Oposto do Osso

Bárbara Eugênia

Eu vejo você
E o seu olhar é o que me leva
Pra bem perto do coração
Acelerado

Veja bem
O que eu não posso querer
Pra ter você
É tão clichê

Se não dá
Tudo pára
Não dá
Vamos viver de chamego

Eu vejo você
E o meu olhar é o que te leva
Pra onde não há confusão
Só a certeza
De sermos feitos assim
Tortos, rotos
Mas ai de você sem mim

Eu quero o oposto do osso
Glorioso
Eu quero o oposto do osso
Glorioso

Veja bem
Merece quem luta pra ter
E não se acanha em errar
Pois o que é de gosto
Isso é regalo da vida

Eu quero o oposto do osso
Glorioso
Eu quero o oposto do osso
Glorioso.

Composição: Bárbara Eugênia
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog