LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

The Night They Drove Old Dixie Down

The Band

The Night They Drove Old Dixie Down

Virgil caine is the name, and I served on the danville train
'Til stoneman's cavalry came and tore up the tracks again
In the winter of '65, we were hungry, just barely alive
By may the tenth, richmond had fell, it's a time I remember, oh so well

The night they drove old dixie down, and the bells were ringing
The night they drove old dixie down, and the people were singin'
They went na, na, na, na, na, na
Na, na, na, na, na, na, na, na

Back with my wife in tennessee, when one day she called to me
Virgil, quick, come see, there goes robert e. Lee!
Now I don't mind choppin' wood
And I don't care if the money's no good
You take what you need and you leave the rest
But they should never have taken the very best

The night they drove old dixie down, and the bells were ringing
The night they drove old dixie down, and all the people were singin'
They went na, na, na, na, na, na
Na, na, na, na, na, na, na, na

Like my father before me, I will work the land
Like my brother above me, who took a rebel stand
He was just eighteen, proud and brave
But a yankee laid him in his grave
I swear by the mud below my feet
You can't raise a caine back up when he's in defeat

The night they drove old dixie down, and the bells were ringing
The night they drove old dixie down, and all the people were singin'
They went na, na, na, na, na, na
Na, na, na, na, na, na, na, na

The night they drove old dixie down, and the bells were ringing
The night they drove old dixie down, and the people were singin'
They went na, na, na, na, na, na
Na, na, na, na, na, na, na, na

A Noite Que Derrubaram o Velho Dixie

Virgil Caine é o (meu) nome, e eu servi no trem de Danville
Até a cavalaria de Stoneman vir e romper as linhas novamente
No verão de 65, estávamos famintos, mal vivíamos
No décimo de maio, Richmond caiu, é um tempo que eu me lembro tão bem

A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e os sinos tocavam
A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e as pessoas cantavam
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la

De volta com minha mulher em Tennesse, quando um dia ela me chama
Virgil, rápido, venha ver, ali vai Robert E. Lee!
Agora não ligo em cortar madeira
E não me importo se o dinheiro é pouco
Pegue o que você precisa e deixe o resto
Mas eles nunca tirarão nosso melhor

A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e os sinos tocavam
A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e as pessoas cantavam
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la

Como meu pai antes de mim, vou cultivar a terra
Como meu irmão acima de mim, que pegou uma estandarte rebelde
Ele só tinha 18, orgulhoso e valente
Mas um Yankee deitou-o em sua tumulo
E eu juro pela lama em meus pés
Você não pode levantar um Caine novamente quando ele for derrotado

A noite que eles derrubaram o velho Dixie*, e os sinos tocavam
A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e as pessoas cantavam
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la

A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e os sinos tocavam
A noite que eles derrubaram o velho Dixie, e as pessoas cantavam
La, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la

Composição: Robbie Robertson Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Wesley. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog