Bela, Bela

Alaíde Costa

Bela, bela, mais que bela
Mas como era o nome dela?
Não era Helena, nem Vera
Nem Nara e nem Gabriela
Nem Tereza e nem Maria
Seu nome, seu nome era

Perdeu-se na carne fria
Perdeu-se na confusão
De tanta noite, tanto dia
Perdeu-se na profusão das coisas acontecidas
Constelações de alfabeto
Noites escritas a giz
Pastilhas de aniversário
Domingos de futebol
Enterros, cursos, comícios
Roleta, bilhar, baralho

Mudou de cara e cabelo
Mudou de olhos e risos
Mudou de casa e de tempo
Mas está comigo

Mudou de cara e cabelo
Mudou de olhos e risos
Mudou de casa e de tempo
Mas está comigo
Perdido comigo
Teu nome, perdido comigo
Em alguma gaveta

Composição: Ferreira Gullar / Milton Nascimento
Enviada por Paulo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Alaíde Costa

Ver todas as músicas de Alaíde Costa