Pra Quem Não Conhece

Zeca Baleiro

Pra quem não conhece os nossos encantos da nossa magia
Mais dia, menos dia, vai ter que, conhecer
E em nossa companhia estremecer

Pra quem não conhece, sou cobra de fogo
Defendo com fogo o verde da mata
Defendo a mata, do fogo dos homens
Tem fogo na mata! Tem fogo na mata! Boitatá!

Quem não sabe quem sou, sou curupira
Único no mundo, fantasticamente, tenho os dedos
Pra traz e o calcanhar pra frente
Cachimbo de barro, com fumo de rolo
Lá vem curupira! Lá vem curupira!

Me chamam mãe d'água, por onde caminho
Quem ouve meu canto, no fundo do rio
Vai perder o rumo, e o meu é sombrio
Banhando nas águas profundas dos rios
Criaram a mãe d'água, mulher encantada

Sou saci das matas, nos brejos dos chatos
Quando assovio, eu espalho medo, e ainda remedo qualquer passarinho
Menino moleque, só que de repente
Parece que é gente, parece que é gente de tambelelê
Quem não me conhece, vai saber agora
Que eu sou caipora, que eu sou encantado

Lhe deixa sossedo, sem muita demora
Caboclo encantado, quem é que agora
Vai ficar na mata, que tem caipora
Pra quem não conhece os nossos encantos da nossa magia
Mais dia, menos dia, vai ter que, conhecer
E em nossa companhia estremecer


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Zeca Baleiro

Ver todas as músicas de Zeca Baleiro