Digno É O Cordeiro

Os Arrebatados

João teve uma visão
Foi na ilha de Patmus
Pois não havia ninguém
Nem anjos que pudessem livro desatar
Foi quando um ancião
Disse assim para João
Para se chorar o cordeiro
Reviveu e a morte Ele venceu

Só Ele é digno!
Do livro desatar
O cordeiro reviveu
E a morte Ele venceu
Pra glória de Deus

Fico a imaginar o céu
Com um coral todo de branco
De mãos dadas a cantar
Santo, Santo, Santo
Ao cordeiro que vivo está
Também fico a imaginar
Que maravilha será

Ver Jesus Cristo face a face
E também os meus irmãos
Juntos em adoração.


Posts relacionados

Ver mais no Blog