Fome de Amor

Odair José

A tarde se embaça,
encontro a vidraça
a chuva vem

o vento soprando,
o tempo passando
eu sem ninguem

o frio que invade
no peito a saudade
preciso desabafar

voce foi embora,
e a chuva la fora
molhando as marcas deixadas
pelo nosso adeus

REFRÃo

Vem me fazer amor, que eu te preciso
vem me fazer sentir, no paraiso
vem me matar de amor, diz que me ama
pois nada pra mim tem sentido se você não está

o dia escurece
a noite anoitece
e meu olhar

vazio sem vida,
a alma ferida
não quer curar

meus olhos chorando
a boca esperando
ainda um beijo seu

voce foi embora,
e a chuva la fora
molhando as marcas deixadas
pelo nosso adeus

Composição: Jose Augusto / Niomar
Enviada por Cleiton.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog