Cena de Ciúme

Neguinho da Beija-Flor

Me ama, me adora, me chama de amor
Reclama, até chora, derrama a dor
Logo agora que a gente tá numa boa
Você vem brigar à toa só pra me contrariar
O seu papo argumenta mas não entoa
Então pegue sua canoa e vai tirar onda pra lá

Fica na sua, vou falar discretamente
Que você não tem batente para me subordinar
Amor, agora não vou
Para com isso, de ficar nessa vigia
Que eu não sou mercadoria pra você me vigiar
Amor, agora não vou

Não vou porque a cuíca não manda no pandeiro
Os dois se entendem no terreiro
Na batida que sai do coração
Não vou porque já cansei de aturar seu mal costume
Quem gosta de cena de ciúme
É galã de novela de televisão

Composição: Noca da Portela / Toninho Nascimento / Tranka
Enviada por Manuel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog