Riacho do Navio

Fagner

Riacho do Navio corre pro Pajeú
O Rio Pajeú vai despejar no São Francisco
O Rio São Francisco vai bater no mei do mar
O Rio São Francisco vai bater no mei do mar

Se eu fosse um peixe, ao contrário do rio
Nadava contra as águas e nesse desafio
Saí lá do mar pro Riacho do Navio
Eu ía diretinho pro Riacho do Navio

Fazer o meu ranchinho, fazer minha caçada
Ver as pega de boi, andar nas vaquejada
Dormir ao sol do chocalho e acordar com a passarada
Sem rádio e sem notícia das terra civilizada
Sem rádio e sem notícia das terra civilizada

Meu amor num vá s'embora (num vá s'embora)
Fique mais um bocadinho (um bocadinho)
Se você for, seu nego chora (seu nego chora)
Vamos cantar só um tiquinho

Quando eu entro numa farra
Eu não quero sair mais, não
Eu vou até quebrar a barra
E pegar o sol com a mão (o sol com a mão)

Composição: Luiz Gonzaga / Zé Dantas
Enviada por Camila. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog