Menino Bom

Dfideliz

Mano cresci no meio de bandido
Então eu sei o que é ter disciplina
Se na escola nós não tem estudo
Fica tranquilo que a rua ensina
Só de tá ali, eu achava da hora
Olha desculpa eu odeio a polícia
Não sou malandro, sou trabalhador
Mas tá ligado nós é a mema’ fita
Tenho saudade de tudo da rua, de jogar uma bola, dos que já se foi
De tá na bica mexendo com as mina, de compras as marmita de feijão com arroz
E minha mãe preocupada comigo, quando eu falava eu volto depois
Ela sabia, nós era o bixo
Se ia pro corre nós era sem boi
Respeito todos menos vacilão
Lá no Fontalis aprendi assim
Se só confia na sua coroa
Hoje eu sou eu só, e os que são por mim
É que tá fácil virar bandidão, pagar de facção, antes não era assim
Vem pá’ na minha, que eu vou te mostrar como é tar no mar com o gosto do fim

Nós é o certo, o justo e correto
Se cê’ num guenta’, só sai de perto, certo?
Vem no memo’ dialeto
Vai tomar uma pra ficar esperto
Se cê’ quer paz, a gente quer é mais
Menino bom só moleque sagaz
Se nós é mal? Isso jamais, Deus me protege e pra inveja jaz

Nós é o certo, o justo e correto
Se cê’ num guenta’, só sai de perto, certo?
Vem no memo’ dialeto
Vai tomar uma pra ficar esperto
Se cê’ quer paz, a gente quer é mais
Menino bom só moleque sagaz
Se nós é mal? Isso jamais, Deus me protege e pra inveja jaz


Posts relacionados

Ver mais no Blog