#kpoppers

Tudo sobre o BTS: a biografia do maior grupo de k-pop

Por Karoline Póss

23 de Agosto de 2020, às 19:00


Chegou a hora de descobrir tudo sobre o BTS, o grupo sul-coreano que não só se tornou o maior grupo de k-pop de todos os tempos como está fazendo história na cena mundial com suas músicas incríveis.  

Então já pode ir se aconchegando que agora você vai aprender tudo sobre a história do BTS, desde a formação do grupo até as atividades mais recentes do septeto. Vem com a gente:

Tudo o que você precisa saber sobre o BTS

Se você ainda não é um ARMY, com certeza vai se converter ao fandom ao descobrir como se desenrolou a carreira dos meninos.

Pré-debut

Bang Sihyuk, CEO da Big Hit Entertainment, começou a planejar o grupo que viria a se tornar o BTS em 2010, quando conheceu Kim Namjoon (RM) e ficou impressionado com as habilidades de rap do rapaz. 

O produtor resolveu formar um grupo de hip-hop inspirado no sucesso do 1TYM. Ainda na fase de treinamento, os meninos fizeram diversas colaborações com artistas, como J-hope acompanhando Jo Kwon (2AM), mas Bang adiou a estreia para reorganizar o grupo em algo mais voltado para o k-pop.

Muitos trainees não gostaram da ideia e deixaram o projeto: RM, Suga e J-Hope estiveram no barco desde o começo.

Nesta nova fase, Bang buscava vocalistas para harmonizar com os rappers e assim Jin, V, Jungkook e, por último, Jimin, assinaram seus contratos e se tornaram oficialmente os integrantes do BTS, os Bangtan Boys.

Trilogia Escolar: o começo de um sonho

Em 12 de junho de 2013 era lançado o single 2 Cool 4 Skool, o primeiro trabalho oficial do BTS e, portanto, sua estreia no cenário do k-pop. 

No More Dream e We Are Bulletproof Pt.2 não foram muito bem nas vendas, mas os meninos já mostravam a que vinham com suas letras sobre o impacto da sociedade nas gerações mais jovens, contando suas próprias histórias para se conectar com o público — mas sem deixar de lado o abdômen do Jimin nas coreografias.

Foi a primeira parte da Trilogia Escolar, que inclui os três primeiros atos do BTS — No More Dream, N.O e Boy in Luv — que seguiam por uma vibe mais adolescente, como o próprio nome sugere. 

O crescimento já era visível: enquanto 2 Cool 4 Skool vendeu apenas 24 mil cópias em 2013, O!RUL8,2? bateu 34 mil no mesmo ano e Skool Luv Affair saltou para 100 mil cópias em 2014, colocando os meninos no topo do Gaon Album Chart e marcando a primeira aparição deles no Billboard World Albums Chart, em #3.  

Mesmo com as vendas baixas, o BTS conquistou o prêmio de Artista Novato do Ano no Melon Music Awards. A cerimônia de premiação aconteceu em novembro de 2013 e foi o primeiro grande troféu dos meninos. 

BTS no Melon Music Awards de 2013
BTS no Melon Music Awards de 2013 / Créditos: Divulgação

Em março de 2014 fizeram seu primeiro fanmeeting, com três mil fãs em Seul. Também foram para os Estados Unidos, apresentando-se gratuitamente para 200 ARMYs.

Em agosto, participaram da KCON em Los Angeles, um evento de k-pop que contou com diversos artistas e 42 mil pessoas presentes. 

Também foi em agosto de 2014 que o BTS pisou pela primeira vez no Brasil: os meninos realizaram um pequeno fanmeeting em São Paulo para pouco mais de 1500 pessoas.

O evento foi relembrado por Suga em 2019, quando lotaram o estádio do Palmeiras em duas apresentações com mais de 40 mil pessoas em cada.   

Primeira tour mundial do BTS

Em outubro de 2014 eles davam início a sua primeira turnê mundial, The Red Bullet Tour, que passou pela Ásia, Austrália, América do Norte e do Sul.

A rota também incluiu um show no Brasil em 2015, a segunda passagem dos meninos no país.

The Red Bullet Tour BTS
Créditos: Divulgação

A essa altura já tinham lançado seu primeiro álbum completo, Dark & Wild, que vendeu cerca de 200 mil cópias e chegou a posição #2 nos principais charts da Coreia.

Em termos de estilo, foi um álbum transicional entre a Trilogia Escolar e um novo conceito mais maduro dos rapazes.  

O público internacional já estava caidinho pelas músicas do BTS, mas faltava um passo importante para os meninos conquistarem de uma vez por todas o público coreano, e isso viria em seu próximo comeback:

The Most Beautiful Moment in Life 

Em março de 2015 se iniciava a era The Most Beautiful Moment in Life com o lançamento do terceiro EP.

The Most Beautiful Moment in Life
Capa do The Most Beautiful Moment in Life / Créditos: Divulgação

O álbum marcava uma mudança de conceito que explorava o lado mais emocional dos integrantes que, por meio de sua música, queriam agora expressar a dicotomia entre a beleza e a agonia da juventude. 

Foi com a faixa I Need U que o BTS teve o seu primeiro grande hit no mercado coreano e conquistou sua primeira vitória em um show musical semanal televisionado, que é tido com um dos principais medidores de popularidade de um grupo idol na Coreia do Sul. 

A era também rendeu alguns dos outros grandes sucessos do BTS, como Run, na parte 2, e Dope na edição Young Forever, lançada em 2016. 

Dominação mundial

Com vários trabalhos coreanos, dois álbuns japoneses e uma fanbase consistente tanto na Ásia quanto no resto do globo, o BTS parecia viver o auge de sua carreira sem imaginar que um sucesso ainda maior os aguardava

Wings, segundo álbum de estúdio do grupo, foi lançado em outubro de 2016 e alcançou posições recordistas para um álbum de k-pop no Billboard 200 graças ao sucesso de Blood Sweat & Tears, cujo MV rendeu muitas teorias.

Saiba tudo sobre as principais teorias por trás dos MV’s do BTS 

You Never Walk Alone, lançado em fevereiro de 2017, trouxe os sucessos Spring Day — que até hoje dá as caras nos charts coreanos, tamanho seu impacto na indústria — e a icônica Not Today, que conquistou ainda mais fãs internacionais com sua pegada forte.

Mas foi com Love Yourself: Her, em setembro de 2017, que os meninos quebraram tudo! A faixa principal, DNA, marcada pelo assovio de Jungkook, ainda é o vídeo mais assistido deles no YouTube, com mais de 1 bilhão de visualizações.  

O álbum vendeu mais de um milhão de cópias somente na pré-venda, atingiu o topo dos charts do iTunes em mais de 73 países e estreou em #7 na Billboard 200 dos EUA, a posição mais alta para um artista de k-pop até então. 

A The Wings Tour foi um grande sucesso e arrastou mais de 550 mil fãs por todo o mundo – incluindo arenas esgotadas em minutos nos Estados Unidos e a terceira passagem do BTS no Brasil.

Love Yourself: Tear, o terceiro álbum, chegou em maio de 2018 com um dos maiores hinos do BTS: Fake Love. Dando continuidade à nova saga dos garotos, Love Yourself: Answer foi lançado em agosto com a animada Idol, que ganhou até versão com a Nicki Minaj.

As colaborações com artistas internacionais continuaram em 2019 quando Boy With Love, faixa principal do mini Map of the Soul: Persona, veio em parceria a Halsey. 

Make it Right, uma das outras canções do EP, foi composta por Ed Sheeran.

Dos palcos para o cinema

O BTS chegou também aos cinemas com três filmes já lançados e um quarto a caminho. O projeto documenta as turnês dos meninos com cenas dos bastidores, entrevistas exclusivas e uma nova experiência de curtir shows, com muita gritaria e lightsticks nas sessões.

Em ordem de lançamento: 

  • BURN THE STAGE: THE MOVIE (2018) 
  • BTS: LOVE YOURSELF IN SEOUL (2019)
  • BRING THE SOUL: THE MOVIE (2019)
  • BREAK THE SILENCE: THE MOVIE PERSONA (2020)
BREAK THE SILENCE: THE MOVIE PERSONA
Capa de BREAK THE SILENCE: THE MOVIE PERSONA / Créditos: Divulgação

Os filmes são documentais, mas os integrantes também atuam: V já mostrou o seu talento na novela coreana Hwarang: The Beginning, e o ARMY mal pode esperar para ver Jin também estrear como ator, uma vez que suas habilidades já foram comprovadas nos MVs do Bangtan. 

BTS hoje

Em abril de 2020 os meninos se tornaram os primeiros artistas coreanos a venderem mais de 20 milhões de álbuns e são, ainda, os artistas mais vendidos da Coreia do Sul! 

Em junho, a Bang Bang Con: The Live levou mais de 765 mil pessoas de 107 países a assistirem à comemoração ao vivo de sétimo aniversário do BTS, quebrando o recorde de maior audiência para um show virtual pago

Lançaram ainda o single japonês Stay Gold e, agora, Dynamite, um single em inglês que foi revelado no dia 21 de agosto e apresentado no VMA 2020.

O grupo também se prepara para um novo álbum, esperado para o segundo semestre.

Conhecendo o BTS e o poder do ARMY, já sabemos que os próximos passos dos garotos serão de ainda mais sucesso.

Desvendando o k-pop

Agora que você já sabe tudo sobre o BTS, te convidamos a ir mais a fundo e se aventurar em como funciona a indústria do k-pop para entender os bastidores de todo o sucesso dos artistas do estilo. Topa?

Industria do k-pop

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente

Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.