De Manhã

Blitz

De Manhã (Aventuras Submarinas)
Olhei para o relógio e notei que restava meio minuto de oxigênio no tanque
Num super esforço, cheguei a superfície
Olhei para os lados, Nick e Diana
Tinham desaparecido com a lancha (oh, céus!)
Nadei até um continente mais próximo
E na praia Urçula tirava fotos com Bond... Com James Bond

De manhã, (de manhã)
O sol vem batendo no meu peito
Dizendo para onde que eu tenho que ir

Mas o mundo dá tanta volta
E eu não sei quando posso parar
De rodar, de rodar e de sonhar

Estava um dia lindo
E eu botei meu calção e fui nadar
Mas porque não, mas porque não?
Sem calção

Eu tinha 12 anos já me lembro do dia
Eu escutava o que mamãe dizia
Ela dizia: Tome cuidado, tenha juízo, esse mundo é um cão

Se acordo mais cedo
Boto som, o vizinho reclama
Eu vou pra cama e tento dormir
Eu noto o som dos tais casais que fazem, até mais tarde

Olhando o mar, eu fico de bobeira
E quando o mar tá forte eu fico
Aqui na beira, eu não!
Olhando o mar eu fico aqui pensando
Se hoje eu vou nadar ou vou
Sair voando, eu vou!

Felicidade é isso!

(Para pararara... Pararara....)

Dscalço, descalço

(Para pararara... Pararara....)

No oferecimento de pipocas coloridas
E sonhos alucinantes, Aventuras Submarinas
Toda noite, na cama de cada um!

Composição: Evandro Mesquita
Enviada por ANA. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog