Baishun

Ziyoou Vachi

Original Tradução Original e tradução
Baishun

baishun no ippeeji ni
hitotsu tarashita oten
dasshokuzaima ki chirashite
ana darake ni shita kyousokubon

kantanna douri dake de
dekite ita boku ga yokei
sandan no kurui ni kigatsuita
koro kimi ga mou boku no heya e

eizoku sei hotsu hazu ga nai
dare mo ga sashite fusete yuku yo
daijoubu no kotoba ni yadotta
nioi tatsu hondo no bouryoku sei

gendai bun iu touri ni
shite moraitai no dousureba ii?
doutoku kan tataki naosarete
mo tashikana imi no midasezu ni

ashita ga uru haru
boku ga ubau haru
ichi mai usugami wo mekureba
shimetta hadairo ni kizu ga tsuku

anata ga higaisha
kimi wa shihaisha ni
semete ushirometa sa dake wa
nokosanaide okou

rusuden ni nokoru koe ni
aichaku nante oboenaide
shinpai seina sono yubiwa ni
kizu hitotsu tsukezu daka rerukara

anshin kan furikazashite
juyouda nante ienai koto
ikite kitakara wakaru yo
kizu mamire demo mada tsukeyou

anata wa shiru hazu
kimi wa negau hazu
futsuu wo yoshi to suru kokoro ni
seisai o kurawa sete wa katazukeru

dare ni mo iezu ni
tamotsu higakureru
semete boukansha ni dake wa
naritakunai narenai ne

koku mo hayaku koko kara nukedasou
chanto shita futari wo matsu no ni wa
amari ni mo jikan ga nai koto kurai
iya to iu hodo wakatteru darou?

ee juujuu shouchina no yo
dakedo anata ni atsurae eta pinhiiru ni
ashi ga tora rete mou ugokenai no
isso oki satte yo

warai aeru hibi wa
kyou de saigoda to
atama no naka ni kizamitsuke
itsumo ketsumatsu darake de iya ni naru

mukuwa reru hibi wo
nozomu nante atsukamashii ne
yuzuriai to jichou kurikaesu
masu mono ga nai samishii ne

atashi ga uru haru
boku ga ubau haru
omoide nanka ni shitari shinaide semete
kyouhansha de iyou

futari ga chiru haru

Prostituição

Há uma única mancha borrando uma das páginas
Da minha juventude
Um manual cheio de buracos
De tanto despejar alvejante para apagá-lo

Sou um homem de raciocínio simples
No momento que eu percebi que vir com dinheiro
Estava me deixando louco
Você já estava indo para o meu quarto

Não há como continuarmos isso para sempre
As pessoas assistem e julgam
Mas guardam para si
Há uma violência quase atraente nas palavras tudo bem

Japonês moderno, eu gostaria de fazer o que você diz
O que devo fazer?
Você pode até jogar a moralidade na nossa cara
Mas nunca encontrará uma justificativa real

Eu vendo a primavera da minha vida
E eu tomo sua primavera
Se fôssemos virar uma única página, ficaríamos
Magoados com a tonalidade de nossa carne úmida

Você é a vítima aqui
E você é minha comandante
Ao menos não me deixe aqui
Com minha consciência culpada

Não vou me apegar à sua voz na minha secretária eletrônica
Porque você me segura em seus braços mas
Nunca deixa um único arranhão naquele aliança
Que você está sempre mexendo

Eu nunca poderei parecer gentil e seguro, eu sei
Por causa da vida que eu vivi
Vou me machucar um pouco mais
Mesmo que eu já esteja todo ferido

Você deveria saber
E você deveria fazer um desejo
Nossos corações consideram a normalidade uma coisa boa
Mas nos fazem desejar a punição

Antes de arrumar a bagunça novamente
Incapaz de dizer a ninguém, os dias acabam
Eu não quero ser apenas um espectador
Eu nunca poderia ser um

Vamos fugir assim que pudermos
Você sabe que não há tempo a perder esperando
Que você e eu nos tornemos pessoas decentes
É um fato, certo?

Sim, eu sei disso muito bem
Mas não consigo me mover porque continuo tropeçando
Nos saltos altos que você me mandou usar
Então continue sem mim

Hoje é o último dia
Vamos sorrir juntos
Eu enraízo isso na minha cabeça
Mas esses finais repetidos estão me deixando amargo

É tão sem vergonha da minha parte rezar por um dia
Quando eu serei recompensado por tudo isso
Compromisso e autodesprezo, uma vez ou outra
Não ganho nada, nada floresce, isso é triste ne?

Eu vendo a primavera da minha vida
E eu tomo sua primavera
Não me deixe ser apenas uma memória, no mínimo
Sejamos cúmplices nisso

Nós tropeçamos na primavera


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ziyoou Vachi

Ver todas as músicas de Ziyoou Vachi