Vê Se Não Demora

ZéVitor

Vê se não demora para ir embora
Amor, da minha cabeça quando eu me for
Perdendo, de sono, tantas, quantas horas
Revirando noites pelo nosso amor

Eu e você ficou lá trás
Quando não fizemos, tornamos assim as nossas escolhas
Não funciona mais
Querendo ou não perdemos tempo e tantas coisas

Incontinuidade, descompasso e tropeço
As fragilidade dos finais e dos começos
Olhas incompletos, amar, só ao meio termo
A visão encoberta pelos véus do grande apego

A sinceridade que, ferida pelo medo
Parte e julga tarde com todos os espaços
Que possas enxergar meu olhar de mareio
Devem destoar energias dos astros

Vê se não demora para ir embora
Amor, da minha cabeça quando eu me for
Perdendo, de sono, tantas, quantas horas
Revirando noites pelo nosso amor

Eu e você ficou lá trás
Quando não fizemos, tornamos assim as nossas escolhas
Não funciona mais
Querendo ou não perdemos tempo e tantas coisas

Silenciam-se os sentidos
Me perco em meu próprio quarto
Meu olhar de sensitivo
E teu toque inesperado

O adeus definitivo
Do casal de enamorados
E o desejo conflitante
Sentimento inabitável

Vê se não demora para ir embora
Amor, da minha cabeça quando eu me for
Perdendo, de sono, tantas, quantas horas
Revirando noites pelo nosso amor

Eu e você ficou lá trás
Quando não fizemos, tornamos assim as nossas escolhas
Não funciona mais
Querendo ou não perdemos tempo e tantas coisas

Eu e você ficou lá trás
Quando não fizemos, tornamos assim as nossas escolhas
Não funciona mais
Querendo ou não perdemos tempo e tantas coisas

Composição: ZéVitor
Enviada por Diogo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog