Quando me beijava pensando em outro
Qual beijo de Judas ao Filho de Deus
O falso profeta estava entregando
Jesus Nazareno para os fariseus

Você com seus beijos também me entregava
Para ser pregado igual a Jesus
Na cruz do abandono onde hoje vivo
Qual pássaro preso e eterno em castigo
Sozinho no inverno de um mundo sem luz

O beijo de Judas entregou Jesus
Puro e sem pecado pra morrer na cruz
Com seus beijos falsos me entregou também
Para que eu padeça triste sem ninguém

Por dinheiro, um dia, também fui trocado
Dinheiro que o outro tem mais do que eu
Duvido que tenha amor mais sincero
Carinhos e beijos mais puros que os meus

Eu desconfiava dos seus beijos falsos
Que não transmitia nenhuma emoção
Era aquele beijo, beijo de Judas
E tão de repente minha vida muda
Para a noite escura da desilusão

O beijo de Judas entregou Jesus
Puro e sem pecado pra morrer na cruz
Com seus beijos falsos me entregou também
Para que eu padeça triste sem ninguém

Composição: Jose Fortuna / Paraíso
Enviada por PEDRO. Revisão por PEDRO.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ze do Cedro e João do Pinho

Ver todas as músicas de Ze do Cedro e João do Pinho