Preguntale Al Polvo

Zahara

Original Tradução Original e tradução
Preguntale Al Polvo

No soporto tenerte cerca
Ni tenerte que imaginar
Aunque diga lo que quieres escuchar

Me he cansado de verte
Me he cansado de amar
Pero vuelvo cada tarde al suicidio universal

Ahora confusa bebo
Pero nunca te confieso
¿Por qué, mi amor? ¿Por qué?
Y en el agua

Pregúntale al agua
Si somos agua, ¿seremos agua?
Al agua

El drama de un jugador
Que termina mis bebidas
Es la historia de tu vida mía no

Te has cansado de verme
Te has cansado de amar
Nunca fuiste tan valiente
Sé que no dispararás

No hace falta tanto esfuerzo
Pues ya amanecimos muertos
¿Por qué, mi amor? ¿Por qué?

Y en el polvo
Pregúntale al polvo
Si somos polvo, ¿seremos polvo?

Y en el polvo
Pregúntale al polvo
Si somos polvo, ¿seremos polvo?

Al polvo
Pregúntale al polvo
Si somos polvo, ¿seremos polvo?
Al polvo

Pergunte ao Pó

Eu não suporto ter você por perto
Nem ter que imaginar você
Mesmo que eu diga o que você quer ouvir

Cansei de te ver
Estou cansado de te amar
Mas eu volto toda tarde ao suicídio universal

Agora confusa eu bebo
Mas eu nunca te confesso
Por que, meu amor, por que?
E na água

Pergunte à água
Se somos água, seremos água?
A água

O drama de um jogador
Que acaba com minhas bebidas
É a história da sua vida, não a minha

Você se cansou de me ver
Você se cansou de amar
Você nunca foi tão valente
Eu sei que você não vai se atirar

Não faz falta tanto esforço
Pois já acordamos mortos
Porque meu amor? Porque?

E no pó
Pergunte ao pó
Se somos pó, seremos pó?

E no pó
Pergunte ao pó
Se somos pó, seremos pó?

Ao pó
Pergunte ao pó
Se somos pó, seremos pó?
Ao pó

Composição: Maria Zahara Gordillo Campos
Enviada por Bc85n8kvjp e traduzida por Giorgia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Zahara

Ver todas as músicas de Zahara