The Brae

Yumi Zouma

Original Tradução Original e tradução
The Brae

Shaking salt in your deep wounds
It's a call about to happen too
Drowning in the punch bowl
She's got an eye for a big beau
So go read it in tea leaves
Lady smiling under pressure

I got a tongue so I can a-use it
You keep my heart
Choose when to bruise it

I call you out when you're around
Slipping off into the same old habits
Calling others fools when you're defenseless
Try this once and try again
Talking to yourself out loud to no one
Seems you're never very far from your problems

Go ahead, I'll take the hit
You know that I'm used to it
Take your time, see me go
Know you could've never known

Go ahead, I'll take the hit
You know that I'm used to it
Take your time, say goodbye
When you leave me late at night

Am I a fool stuck in love scarves?
Just look ahead, do you see us?
And nothing ever makes sense
When your secrets always stay crushed
So wake me up from my deep dream
I was someone with a small heart

You threw me and you screw me and you fed me to the fishes
Like we've never been together and I'm only just a vision so

I call you out when you're around
Slipping off into the same old habits
Calling others fools when you're defenseless
Try this once and try again
Talking to yourself out loud to no one
Seems you're never very far from your problems

Go ahead, I'll take the hit
You know that I'm used to it
Take your time, see me go
Know you could've never known

Go ahead, I'll take the hit
You know that I'm used to it
Take your time, say goodbye
When you leave me late at night

Go on then, I'll take the hit
You know that I'm used to it
Take your time to talk it out
Feelings that are underground

A Encosta

Colocar sal nas suas feridas profundas
É algo que está prestes a acontecer também
Afogando-se na tigela de ponche
Ela tem olho pra um partidão
Então vá ver nas folhas do chá
Uma moça sorrindo sob pressão

Eu tenho uma língua, então eu posso usá-la
Você tem meu coração
Escolha quando machucá-lo

Eu te chamo quando você está por perto
Deslizando sob os mesmos velhos hábitos
Chamando os outros de tolo enquanto você está indefesa
Tente esta vez, e tente de novo
Falando sozinha em voz alta pra ninguém
Parece que você nunca fica muito longe de seus problemas

Vá em frente, eu aguento o tranco
Você sabe que estou acostumada a isso
Leve seu tempo, veja-me ir
Conheça quem você nunca poderia ter conhecido

Vá em frente, eu aguento o tranco
Você sabe que estou acostumada a isso
Leve seu tempo, diga adeus
Quando você me deixar no fim da noite

Seria eu uma tola presa em lenços de amor?
Apenas olhe à frente, consegue nos ver?
E nada mais faz sentido
Quando seus segredos sempre ficam comprimidos
Então acorde-me do meu sonho profundo
Eu era alguém com um coraçãozinho

Mas você me jogou fora e me ferrou e deu-me de comida aos peixes
Como se nunca tivéssemos estado juntas e eu fosse só uma visão, então

Eu te chamo quando você está por perto
Deslizando sob os mesmos velhos hábitos
Chamando os outros de tolo enquanto você está indefesa
Tente esta vez, e tente de novo
Falando sozinha em voz alta pra ninguém
Parece que você nunca fica muito longe de seus problemas

Vá em frente, eu aguento o tranco
Você sabe que estou acostumada a isso
Leve seu tempo, veja-me ir
Conheça quem você nunca poderia ter conhecido

Vá em frente, eu aguento o tranco
Você sabe que estou acostumada a isso
Leve seu tempo, diga adeus
Quando você me deixar no fim da noite

Vai lá então, eu seguro a barra
Você sabe que eu sou acostumada a isso
Leve seu tempo pra expôr tudo pra fora
Os sentimentos que estão escondidos

Composição: Charlie Ryder / Josh Burgess
Enviada por Tales e traduzida por Tales. Legendado por Tales.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog