Pequenina

Xangai

São tão claros os presságios
e os encontros dessa vida
Quando as partes combinadas
surgem numa mesma estrada
E na dimensão dos sonhos
sobre a sombra das palavras
É que eu mando um abraço pra ti
pequenina
Flor vermelha tão cheirosa,
tão bonita e amorosa
Onde a essência dessa estória
paira plena na memória
Não pergunte pelo tempo,
pois o tempo é agora
O futuro na luz da manhã
não demora.

Composição: Renato Teixeira
Enviada por Claudio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Xangai

Ver todas as músicas de Xangai