A Mão de Alcides

Wilson Batista

A mão do Alcides,
Não é boba não,
Está em toda parte,
Procurando arrumação.

Cuidado meninas,
Do Leblon a Caxambi,
Que a mão do Alcides,
Anda solta por aí.

Mas a moça que é sabida,
Não vai mais nesse macete,
Quando entra num aperto,
Leva sempre um alfinete....

Composição: Bruno Gomes / Ferreira Gomes / Wilson Batista
Enviada por gui. Revisão por Poeta.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Wilson Batista

Ver todas as músicas de Wilson Batista