Fortune

William Fitzsimmons

Original Tradução Original e tradução
Fortune

There's fortune in the furlough
On the other side
Wrap ourselves in blankets
The crossing of a bridge so wide, so high

It's murky in the meadow
As we draw in the lines we threw
And leveraging the ledgers
Forgetting all the blood we drew

But what I do remember
What I do remember is you

It's hollow in the harvest
What I've lost I count as gain
Filling up the firmament
Visions of the one you gave away

Felicidade

Não há felicidade na licença
E no outro lado
Embrulhamo-nos em cobertores
A travessia de uma ponte tão grande, tão alta

Está sombrio no prado
À medida que desenhamos nas linhas que jogamos
E aproveitando os livros
Esquecendo todo o sangue que desenhamos

Mas o que eu me lembro
O que eu me lembro é você

Está vazio na colheita
O que eu perdi eu conto para ganhar
Enchendo o céu
Com visões do que você cedeu

Composição: William Fitzsimmons
Enviada por Wellington e traduzida por Lucas. Revisão por Murillo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog