Kagerou Days

Wagakki Band

Original Tradução Original e tradução
Kagerou Days

Hachigatsu juugonichi no gogo juuniji han kurai no koto
Tenki ga yoi

Byouki ni narisou na hodo mabushii hizashi no naka
Suru koto mo nai kara kimi to dabette ita

“Demo maa natsu wa kirai ka na” Neko o nadenagara
Kimi wa futebuteshiku tsubuyaita

Ah, nigedashita neko no ato o oikakete
Tobikonde shimatta no wa aka ni kawatta shingouki

Batto tootta TRUCK ga kimi o hikizutte nakisakebu
Chi shibuki no iro, kimi no kaori to mazariatte musekaetta
Uso mitai na kagerou ga “uso ja nai zo” tte waratteru
Natsu no mizuiro, kakimawasu you na semi no ne ni subete kuranda

Me o samashita tokei no hari ga narihibiku BED de
Ima wa nanji?

Hachigatsu juuyokka no gozen juuniji sugi kurai o sasu
Yakeni urusai semi no koe oboete ita
Demo saa, sukoshii fushigi da na.
Onaji kouen de kinou mita yume o omoidashita
“Mou kyou wa kaerou ka?” michi ni nuketa toki
Mawari no hito wa minna ue o miage kuchi o akete ita

Rakkashite kita tecchuu ga kimi o tsuranuite tsukisasaru
Tsunzaku himei to fuurin no oto ga kigi no sukima de karamawari
Wazatorashii kagerou ga “yume ja nai zo” tte waratteru
Kuramu shikai ni kimi no yokogao, waratte iru you na ki ga shita

Nando sekai ga kurandemo kagerou ga waratte ubaisaru.
Kurikaeshite nan juunen. Mou tokkuni ki ga tsuite itaro.

Konna yoku aru hanashi nara ketsumatsu wa kitto hitotsu dake.
Kurikaeshita natsu no hi no mukou.

Batto oshinoke tobikonda, shunkan TRUCK ni buchiataru
Chi shibuki no iro, kimi no hitomi to kishimu karada ni ranhansha shite
Monku arige na kagerou ni “Zamaa miro yo” tte warattara

Jitsu ni yoku aru natsu no hi no koto
Sonna nanika ga koko de owatta

Me o samashita hachigatsu juuyokka no BED no ue
Shoujo wa tada

“Mata dame data yo” to hitori neko o dakikakaeteta

Dias de Névoa de Calor

Aconteceu no dia 15 de agosto por volta do meio dia e meia
O tempo estava bom

O sol estava tão radiante que fazia eu me sentir doente
Como não tinha nada pra fazer, eu conversava com você

"Mas, sabe, acho que eu odeio o verão", acariciando um gato
Você resmungava abertamente

Ah, perseguindo o gato que fugira
Você saltou na frente do semáforo que havia aberto

Um caminhão surgiu do nada passando por cima de você e eu gritei
O jato sangue misturado ao seu cheiro me fez sufocar
Uma névoa de calor inacreditável zombava, dizendo que não era mentira
Em meio ao som das cigarras que agitavam o verão, tudo escureceu

Eu acordei em minha cama com os ponteiros do relógio ecoando
Que horas são?

Passava um pouco de meia noite do dia 14 de agosto
Aí, eu me lembrei do som terrivelmente barulhento das cigarras
Mas então, é um pouco estranho
Eu me lembrei do sonho que tive no mesmo parque, ontem
"Não é melhor irmos embora?", quando estávamos indo
As pessoas ao redor olhavam para cima de boca aberta

Quando uma barra de ferro caiu e atravessou você
Um grito estridente e o som do vento correram por entre as árvores
Uma névoa de calor incomum zombava, dizendo que não era sonho
Com a vista escurecendo, eu pensei ter visto você sorrindo

Toda vez que meu mundo escurece, a névoa de calor o leva embora zombando
Isso vem se repetindo há muitas décadas, eu já percebi faz tempo

Para uma história velha como esta, só há uma conclusão,
E está além daquele dia repetitivo de verão

De repente, eu saltei e te empurrei no momento em que o caminhão me atingiu
O jato de sangue refletiu em seus olhos e seu corpo rígido
Eu zombei da névoa de calor frustrada, dizendo, "Você mereceu"

Na verdade, esse é um dia típico de verão
Mas alguma coisa acabou aqui

Acordando em sua cama no dia 14 de agosto
A garota disse apenas

"Não funcionou de novo", enquanto segurava um gato

Enviada por TheBard e traduzida por TheBard.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Wagakki Band

Ver todas as músicas de Wagakki Band