Inochi Ni Kirawarete Iru

VOCALOID

Original Tradução Original e tradução
Inochi Ni Kirawarete Iru

shinitai nante iu na yo
akiramenai de ikiro yo
sonna uta ga tadashii nante
bakageteru yo na

jissai jibun wa shinde mo yokute
mawari ga shindara kanashikute
sore ga iya dakara, tte iu
ego nan desu

tanin ga ikite mo dou demo yokute
dareka o kirau koto mo fasshon de
soredemo heiwa ni ikiyou, nante suteki na koto deshou

gamen no saki de wa dareka ga shinde
sore o nageite dareka ga utatte
sore ni kanka sareta shounen ga
naifu o motte hashitta

bokura wa inochi ni kirawarete iru
kachikan mo ego mo oshitsukete
itsumo dareka o koroshitai uta o
kantan ni denpa de nagashita
bokura wa inochi ni kirawarete iru
karugarushiku shinitai datoka
karugarushiku inochi o miteru
bokura wa inochi ni kirawarete iru

okane ga nai node kyou mo
ichinichijuu damin o ouka suru
ikiru imi nante midasezu
muda o jikaku shite iki o suru
sabishii nante kotoba de
kono kizu ga arawasete ii mono ka
sonna iji bakari kakae
kyou mo hitori beddo ni nemuru

shounen datta bokutachi wa
itsuka seinen ni kawatteku
toshioite itsuka kareha no you ni
dare ni mo shirarezu kuchite iku
fujimi no karada o te ni irete
isshou shinazu ni ikite iku
sonna sf o mousou shiteru

jibun ga shinde mo dou demo yokute
soredemo mawari ni ikite hoshikute
mujun o kakaete ikiteku nante
okorarete shimau

tadashii mono wa tadashiku inasai
shinitakunai nara ikite inasai
kanashiku naru nara soredemo ii nara
zutto hitori de warae yo

bokura wa inochi ni kirawarete iru
koufuku no imi sura wakarazu
umareta kankyou bakari nikunde
kantan ni kako bakari norou
bokura wa inochi ni kirawarete iru
sayonara bakari ga sukisugite
hontou no wakare nado shiranai
bokura wa inochi ni kirawarete iru

koufuku mo
wakare mo
aijou mo
yuujou mo
kokkei na yume no tawamure de
zenbu kane de kaeru shiromono

ashita shinde shimau kamo shirenai
subete muda ni naru kamo shirenai
asa mo
yoru mo
haru mo
aki mo
kawarazu dareka ga doko ka de shinu
yume mo
asu mo
nani mo
iranai
kimi ga ikite ita nara sore de ii
sou da
hontou wa
sou iu koto ga utaitai

inochi ni kirawarete iru
kekkyoku itsuka wa shinde iku
kimi datte
boku datte
itsuka wa kareha no you ni kuchiteku
soredemo bokura wa hisshi ni ikite
inochi o hisshi ni kakaete ikite
koroshite
agaite
waratte
kakaete
ikite, ikite, ikite, ikite
ikiro

Somos Odiados Pela Própria Vida

Não diga que você quer morrer
Viva sem desistir
Que tolice dizer que canções com letras
Como essas estão corretas

Na verdade eu não me importaria de morrer
Mas eu ficaria triste se as pessoas ao meu redor morressem
Eu suponho que é algum tipo de ego que vai por
Eu simplesmente não gostaria disso

Não ligando se estranhos vivem ou não
E odiar parece ser algum tipo de moda agora
Mas viver pacificamente mesmo assim? que coisa maravilhosa isso seria, de fato

Do outro lado da tela alguém morre
E alguém canta se lamentando
Influenciado por isso um jovem garoto
Corre segurando uma faca

Somos odiados pela própria vida
Empurrando valores e egos como sempre
De uma forma tão simples fazemos músicas
Sobre querer matar alguém através de ondas de rádio
Somos odiados pela própria vida
Nós, que sem pensar, falamos que queremos morrer
Olhamos para a vida sem preocupações
Somos odiados por isso

Não tenho nenhum dinheiro
E então durante os dias eu canto elogiando a preguiça
Ainda sem entender o sentido da vida
Chego a uma epifania que é inútil e respiro fundo
Está tudo bem expressar essas cicatrizes
com palavras como essas?
Carregando nada menos de tal obstinação
Hoje de novo durmo sozinho na minha cama

Nós que éramos apenas jovens
Em algum momento começamos a nos transformar em jovens adultos
Envelhecendo, um dia apodreceremos igual folhas secas caídas
Sem ninguém no mundo saber da nossa existência
Obtendo um corpo imortal
E vivendo o resto de nossa existência sem morrer
Estou apenas sonhando acordado sobre esse tipo de situação fictícia

Eu não me importo nem um pouco de morrer
Mas as pessoas ao meu redor me querem vivo
Vivendo carregando essas contradições
Acho que acabarão gritando comigo

Coisas que são corretas deveriam continuar corretas
Se você não quer morrer então viva
Se nós vamos terminar tristes está tudo bem
Então você tem que rir para sempre sozinho

Nós somos odiados pela própria vida
Sem nem compreendermos o significado da alegria
E meramente amaldiçoamos
o nosso passado
Nós somos odiados pela própria vida
Nós que simplesmente gostamos demais da palavra "adeus"
Sem saber o significado verdadeiro de uma despedida
Somos odiados pela própria vida

Felicidades
Despedidas
Amores
Amizades
Todas as coisas boas que podem ser compradas com dinheiro
Dentro de piadas em sonhos cômicos

Eu posso simplesmente morrer amanhã, sabe
Tudo pode acabar sendo por nada
Manhãs
Noites
Primaveras
Outonos
Sem mudar alguém morre em algum lugar
Sonhos
Amanhças
Eu não preciso
De nada disso
Se você continuar vivendo é tudo que eu preciso
Sim...
Na verdade
Era sobre isso que eu queria cantar

Odiados pela própria vida
No final todos vamos morrer mesmo
Você vai
Eu vou
Um dia todos nós apodreceremos igual folhas caindo
Mas mesmo assim vamos viver freneticamente
Suportando as nossas vidas freneticamente vivemos
Matando
Lutando
Sorrindo
Suportando
Viva, viva, viva, viva
Apenas viva

Enviada por Jhuly e traduzida por Yuika. Legendado por Yuika e Aye. Revisão por ester.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog