The Ballad Of Terrasen

Victoria Carbol

Original Tradução Original e tradução
The Ballad Of Terrasen

The emerald trees dance
And the rivers run free
The mighty stag follows
Watching over me
These scars on my back
Are an ache long subdued
It's the memories that haunt
Of a land I once knew

Somewhere over the mountains
There's a place I called my own
Somewhere over the mountains
There's a land I once called home

Far have I gone
Many lands I have seen
Too many to count are
The places I've been
No sight can contend with
The steadfast oak tree
That welcomes me home
To the land of the free

Somewhere over the mountains
There's a place I called my own
Somewhere over the mountains
There's a land I once called home

We are the forgotten
We are the forlorn
The ones who have bled
The ones who have been scorned
But here me my sisters
Listen O Brothers
One day I'll find a way back to each other
I promise I'll find a way back to each other

Somewhere over the mountains
There's a place I called my own
Somewhere over the mountains
There's a land I once called home
There's a land I once called home
There's a land I once called home

A Balada de Terrasen

As árvores de esmeralda dançam
E os rios correm livres
O poderoso cervo segue
Olhando por mim
Estas cicatrizes nas minhas costas
São uma dor há muito tempo subjugada
São as memórias que assombram
De uma terra que eu conheci

Em algum lugar sobre as montanhas
Existe um lugar que eu chamei de meu
Em algum lugar sobre as montanhas
Há uma terra que uma vez chamei de lar

Longe eu fui
Muitas terras que tenho visto
Muitos para contar são
Os lugares que eu estive
Nenhuma visão pode competir com
O carvalho firme
Que me acolhe em casa
Para a terra do livre

Em algum lugar sobre as montanhas
Existe um lugar que eu chamei de meu
Em algum lugar sobre as montanhas
Há uma terra que uma vez chamei de lar

Nós somos o esquecido
Nós somos os abandonados
Aqueles que sangraram
Os que foram desprezados
Mas ouçam minhas irmãs
Ouçam imãos
Um dia eu vou encontrar um caminho de volta um para o outro
Eu prometo que vou encontrar um caminho de volta um para o outro

Em algum lugar sobre as montanhas
Existe um lugar que eu chamei de meu
Em algum lugar sobre as montanhas
Há uma terra que uma vez chamei de lar
Há uma terra que uma vez chamei de lar
Há uma terra que uma vez chamei de lar

Composição: Victoria Carbol
Enviada por Sarah e traduzida por Vitória. Legendado por Kamylle. Revisão por Vitória.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Victoria Carbol

Ver todas as músicas de Victoria Carbol