Kill Yourself (Part III)

$uicideBoy$

Original Tradução Original e tradução
Kill Yourself (Part III)

It's not fair, I found love
It made me say that
Get back you'll never see daylight
If I'm not strong, it just might

It's not fair, I found love
It made me say that
Get back you'll never see daylight
If I'm not strong, it just might

They figure me a dead motherfucker
But I'm just a motherfucker that want to be dead
Snow leopard with the lead in his head
Turning me into a sweater
Bitches use me as their fucking bedspread
I be the silouhette of a sunset
Smoke a cigarette while I compress my depression
Stare into the violet fluorescent lights makes me violent
I'm trying to get the highest I can get
Before I overdose and die
My ribs are nothing but an empty cage
Black hole in my chest
Big bang
Yung Plague on the tip of a wave
In my head it feels like I'm a guest
So I will throw it all away
Because when I am dead
I will be nothing decomposing in a grave
I'm matter but I don't matter
I can feel my skull shatter from the dull chatter
Brain scattered on the wall
Grey stains won't dissolve
Going to have to paint it all

It's not fair, I found love
It made me say that
Get back you'll never see daylight
If I'm not strong, it just might

Always boasting my emotions
On how I'm so fucking broken
Think I'm joking
When I'm talking
About blowing my head open
Till the moment you walk in
And find my body motionless
Wrists slit
Thoughts of Slick keep falling in an open pit
Shit
Always burn my bridges
Cause I'd rather fall in ditches
If life's a game of inches
Then my dick has been the biggest
And my goal's to fuck the world
Until that motherfucker's twitching
Lane switchin
Same mission
To die and blame my addiction
Bitch

Mate-se (Parte III)

Não é justo, eu encontrei o amor
Ele me fez dizer isso
Volte, você nunca verá a luz do dia
Se eu não for forte, talvez isto seja

Não é justo, eu encontrei o amor
Ele me fez dizer isso
Volte, você nunca verá a luz do dia
Se eu não for forte, talvez isto seja

Eles me veem como um filho da puta morto
Mas eu sou só um filho da puta que quer estar morto
$now Leopard com chumbo na cabeça
Me transformando em um suéter
Vadias me usam como a porra de um lençol
Eu serei a silhueta do pôr do sol
Fumo um cigarro enquanto eu abafo a minha depressão
Encarar as luzes violeta fluorescentes me deixam violento
To tentando ficar o mais chapado possível
Antes de ter uma overdose e morrer
As minhas costelas são nada além de uma gaiola vazia
Buraco negro no meu peito
Big bang
Yung Plague no topo de uma onda
Na minha cabeça parece que eu sou um convidado
Então eu vou jogar tudo isso fora
Porque quando eu estiver morto
Eu não serei um nada me decompondo em um túmulo
Sou matéria, mas não importa
Eu posso sentir meu crânio quebrando por causa da conversa chata
Cérebro se espalhado pela parede
Manchas cinzas não querem se dissolver
Agora terei de pintar tudo isso

Não é justo, eu encontrei o amor
Ele me fez dizer isso
Volte, você nunca verá a luz do dia
Se eu não for forte, talvez isto seja

Sempre exibindo minhas emoções
De como sou um maldito tão fudido
Acha que eu estou brincando
Quando eu estou falando
Sobre explodir minha cabeça
Até o momento em que você chegar
E encontrar o meu corpo imóvel
pulsos cortados
Pensamentos do $lick continuam caindo em um poço aberto
Porra
Sempre queimo minhas pontes
Pois eu prefiro cair em valas
Se a vida é um jogo de polegadas
Então meu pau tem sido o maior
E minha meta é foder o mundo
Até esse filho da puta se contorcer
Mudando de faixa
Mesma missão
Para morrer e culpar o meu vício
Vadia

Composição: $crim / $lick $loth / Butterfly Boucher / Ruby Da Cherry
Enviada por Isac e traduzida por Pedro. Legendado por Luís. Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog