Ouro Rosé II

UCLÃ

Invoker, Neco no beat

[Peu]
Seu eu passo sempre reparam, volume no bolso (ahn, volume no bolso)
Nunca perdi o meu tempo com o lucro dos outros (foda-se o lucro dos outros)
Cês não entenderam o orgulho do ouro no pescoço (ahn, do ouro no pescoço)
Tenta ser forte no jogo da forca
Onde o estado só lucro com o esforço dos outros (ahn)
Minha tropa não rende, não falha (aham)
Só os vira-lata treinado (aham)
Terror dos cara de Buldogue (aham)
Não fecho com verme fardado (aham)
Cuidado com esse mar de ego (aham)
Cês vão morrer tudo afogado (aham)
Essas paty da barra quer fugir de casa
E fazer cachorrada com os cria do bairro (aham)

Rolezão de cria pelo P2E (aham)
As danada quer pia na RDC (aham)
Plug vindo de Pajero abastecer
Comprando tudo o que eu sempre sonhei em ter
Na minha bag o triplo do salário
Que eu ganhava no shopping, suado, por mês (suado, por mês)
Não tem din' no mundo que pague
A cara de espanto de quem duvidou
Vendo o que a gente fez
Meus mano empilhando nota de cem
Cantando vitória e vivendo bem (cem, cem)
Carregando só as braba no pen'
Nós merece o melhor que a vida tem (o melhor que a vida tem)

[Duzz]
Foda-se os pussy, nós é muito foda (yeah)
Nem era famoso e meu show já tinha roda (yeah)
Mais de cem mil likes, cheio de gostosa (yeah)
Quando os lek toca (yeah), várias faixa rosa (yeah)
Antes de subir pro palco, tem reza (paw)
Depois que eu desço, já acendo a vela
Foda-se os fake vivendo naquelas (pow)
Nós é real, isso aqui não é novela (yeah)
Para a minha mamma Dolce & Gabbana
Vejo minha bitch toda se gabando
Tá cheia de brilho com piercing na xana
Eu tô com dinheiro, tô te incomodando
Eu tô na playlist do Luan Santana
Não tô milionário, tamo caminhando
Nós melhor que tu, semana a semana
Sem errar nenhuma, cê não acha estranho?
Perto de chegar, deixa eu falar, merecido mano
É só tapa na cara de quem não acreditava, mano
Eu parei pra pensar, se voltar nos meus doze anos
Nem eu mesmo acreditava que ia dar certo, mano
Fuck the police, injustiça, presidente infame
Muitas vezes o futuro está nos assombrando
Vocês elegeram esse verme safado, mano
Um minuto de cartucho pelo os que se foram

[Peu]
Minha tropa não rende, não falha (aham)
Só os vira-lata treinado (aham)
Terror dos cara de Buldogue (aham)
Não fecho com verme fardado (aham)
Cuidado com esse mar de ego (aham)
Cês vão morrer tudo afogado (aham)
Essas paty da barra quer fugir de casa
E fazer cachorrada com os cria do bairro (aham)

[Sobs]
Nós cala a boca dos comédia que tá duvidando (uhum)
Nós já tá bem melhor que antes com o passar dos anos (uhum)
Papo torto eu deixo pra Fulano e também pra Ciclano
Ouvia tu menosprezando e agora vem mamando
Não aperta a mão, tu não é meu mano, nem vem me encostar (uhum)
Carteira parecendo um pântano, lobo-guará (uhum)
Nós é pureza, tu é profano, só filha da puta insano
Deu mole tu vai de cano, vai ter que aguentar
Graças a Deus os tempos são outros (yeah)
Cada vez mais perto do ouro
Com os pés no chão, pisando fofo (pisando fofo)
Visando a glória desde muito novo (yeah, yeah)
Bigode sempre, sempre muito louro (yeah, yeah)
Ainda mais alto, mas pra nós é pouco
Tô menos sóbrio e cada vez mais louco
Bebendo whisky e dichavando boldo
Vejo esse tempo passar (passar)
Já tem tempin' que nosso bonde bota pra fuder (yeah)
É que se nós tiver no estúdio, vai fazer chover (yeah)
Esse som toca no baile, a danada que vai descer (yeah)
Vendo a vitória chegar (chegar)
Ponteiro passa no relógio do Audemars Piguet
Tiver com raiva morde as costas, vai fazer o quê?
Isso é tudo muito natural

[Sueth]
Pode fazer o que tu quiser (ahn)
Porque por nós nada passa batido (no cap)
E chega até ser muita ironia (ha-ha-ha)
Eles se alimentando de um prato cuspido (pussy)
Eu escuto de longe barulho de tiro (pow-pow-pow-pow)
Quando ela tá perto eu escuto gemido
Não existe perdão pra quem tá traindo
Não existe o final pra quem tá caindo (Sueth)
Nós é puro, igual água (ahn), nós para tudo, sem ter nada (nós para tudo)
Não se acostume com o meu sorriso
Pra não se assustar com a minha cara fechada
Nós é o certo, sem ter falha
Se não ajuda, não atrapalha
Aqui nós mantem tudo o que nós fala (mantem)
E quem não sustentar, não recebe a medalha
Saudade eterna do meu mano Chucky
Vai vim a liberdade, meu mano filhote
Deve ser foda aturar nós na pista
Barra da Tijuca, nós é os holofote
Cheio de ódio dentro do meu peito
Não acho que a fama é algo que conforte
Rendo pra ninguém, nós é desse jeito
É a tropa do Peu, terror do carro-forte

[Peu]
Minha tropa não rende, não falha (aham)
Só os vira-lata treinado (aham)
Terror dos cara de Buldogue (aham)
Não fecho com verme fardado (aham)
Cuidado com esse mar de ego (aham)
Cês vão morrer tudo afogado (aham)
Essas paty da barra quer fugir de casa
E fazer cachorrada com os cria do bairro (aham)


Posts relacionados

Ver mais no Blog