A Portage To The Unknown

Turisas

Original Tradução Original e tradução
A Portage To The Unknown

We've sailed across the sea
Rowed for miles and miles upstream
Passed by Aldeigjuborg
Seen Lake Ilmen gleam
Ingvar took the lead
After Holmgard as agreed
What the end of Lovat meant
Was soon to be seen

Dripping with sweat a new day dawn on
The ropes cut flesh, as they've done in times foregone
I see my breath, my hands are going numb
Far from home we have come

An endless trail in front my eyes
A swift take off, had no time for goodbyes
What will we find and what was left behind
There's no return, get it off your mind

The water's changed to sand
Lakes and rivers turned to land
Plough up the rocky seas
Ride felled down trees
Foot by foot we edge
Once a ship, now a sled

Six regular edges and six vertices
Six equilateral triangles
Six square faces in another direction
Plato's earth transparent

Give me all you have!
Pull as hard as you can
Plough up the rocky seas
Ride felled down trees
The water's changed to sand
Lakes and rivers turned to land

The rug has been pulled from under my feet
All my life made of lies and deceit
All I have left is a symbol on my chest
My only lead on my desperate quest

Branded at birth with the sign of Perun
East of the sun and West of the moon
The road now continues, Northwind be my guide
Wherever I'm going, the Gods are on my side

O Transporte para o Desconhecido

Nós navegamos através dos mares
Remamos por milhas e milhas rio acima
Passamos por Aldeigjuborg
Vimos o Lago Ilmen vislumbrar
Ingvar assumiu a liderança
Após Holmgard como combinado
O que o final de Lovat significava
Estava prestes a ser visto

Ensopado com suor, um novo dia amanhece
As cordas cortam a carne, como eles fizeram em tempos passados
Eu vejo minha respiração, minhas mãos estão adormecendo
Longe de casa nós viemos

Uma pista interminavel em frente aos meus olhos
Uma repentina partida, sem tempo para despedidas
O que acharemos e o que foi deixado para trás
Não há retorno, tire isso da sua mente

A água virou areia
Lagos e rios viraram terra
Lavrar os mares rochosos
Rolar árvores derrubadas
Passo a passo nos deslocamos
Uma vez um navio, agora um trenó

Seis regulares arestas e seis vértices
Seis triângulos equiláteros
Seis faces quadradas em outra direção
Terra transparente de Platão

Dê-me tudo que você tem!
Puxe o mais forte que você pode
Lavrar os mares rochosos
Rolar árvores derrubadas
A água virou areia
Lagos e rios viraram terra

O tapete foi puxado debaixo dos meus pés
Toda minha vida, feita de mentiras e enganos
Tudo o que me resta é um simbolo em meu peito
Meu único líder na minha desesperada busca

Marca de nascimento com um sinal de Perun
Leste do sol e Oeste da lua
A estrada agora continua, o Vento do Norte é meu guia
Aonde quer que eu vá, os Deuses estão ao meu lado

Composição: Mathias Nygård
Enviada por Isabel e traduzida por Guilherme. Revisão por dias.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog