Ô Femme

Trio Esperança

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Ô Femme

O femme
Comment tiens-tu encore debout
Debout depuis l'éternité des larmes

Quand moi je suis presque à genoux?

Toutes ces guerres
A refaire
Chaque jour
Font le lit
De ma nuit
Sans retour
Dis, quel est le secret de ton âme
Dis-moi, o femme?

Amour, amour, amour
Est plus fort
Amour, amour, amour
Tue la mort!
Comme une pierre défie le feu
Je dois tenir, tenir pour deux
Pour que tu sèmes d'autres siècles
Dans mon ventre

Amour, amour
Toi tu es le sel
Et moi la terre
Il nous reste des hommes à faire

Toutes ces guerres
A refaire
Chaque jour
Font le lit
De ma nuit
Sans retour
Dis, quel est le secret de ton âme
Dis-moi, o femme?

Amor, amor, amor
É tão forte
Amor, amor, amor
Cala a dor
Eu vivo hoje, para depois
Devo lutar, lutar por dois
Pra que semmes outras eras
No meu ventre

Amor, amor, amor
Tu és o sal
Eu sou a terra
Nosso barro os homens gera

O femme
Comment tiens-tu encore debout
Debout depuis l'éternité des larmes
Quand moi je suis presque à genoux?

Amor, amor, amor
É tão forte
Amor, amor, amor
Cala a dor

Mulher
E como estás assim de pé
Assim de pé na eterna dor de ser
Quando eu estou quase a morrer?

Toi tu es le sel
Et moi la terre
Il nous reste des hommes à faire

Ô mulher

Ó mulher
Como você fica quieto
Partindo da eternidade das lágrimas

Quando estou quase de joelhos?

Todas essas guerras
Para refazer
Todos os dias
Faça a cama
Da minha noite
Sem retorno
Diga, qual o segredo da sua alma?
Diga-me, o mulher?

Amor, Amor, Amor
É mais forte
Amor, Amor, Amor
Mate a morte!
Como uma pedra desafia o fogo
Eu tenho que segurar, segurar por dois
Para você semear outros séculos
Na minha barriga

Amor, amor
Você é o sal
E eu a terra
Ainda temos homens para fazer

Todas essas guerras
Para refazer
Todos os dias
Faça a cama
Da minha noite
Sem retorno
Diga, qual o segredo da sua alma?
Diga-me, o mulher?

Amor, amor, amor
É tão forte
Amor, amor, amor
Cala a dor
Eu vivo hoje, para depois
Devo lutar, lutar por do
Pra que semmes outras eras
No meu belly

Amor, amor, amor
Você é o sal
Eu sou a terra
Nosso barro os homens gera

Ó mulher
Como você fica quieto
Partindo da eternidade das lágrimas
Quando estou quase de joelhos?

Amor, amor, amor
É tão forte
Amor, amor, amor
Cala a dor

Mulher
E como estás assim de pé
Assim de pé na eterna dor de ser
Quando eu estou quase um morrer?

Você é o sal
E eu a terra
Ainda temos homens para fazer


Posts relacionados

Ver mais no Blog