Na Corte do Egito

Trazendo a Arca

Eu rejeito os manjares da Babilônia
Eu reprovo os altares da Babilônia
Eu posso estar aqui, mas sei que este não é o meu lugar
Eu quero ser santo como tu és Senhor, santo como tu

Na corte do Egito ou na casa de César
Na Babilônia eu sei que não é meu lugar
Rejeito seus manjares, reprovo seus altares e
Não me iludo com a festa de Beltsazar

Porque eu não cedo, nem retrocedo
Estou decidido e não volto atrás
Sou separado, sou escolhido
Eu sou um santo lutando contra o pecado

Santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque Santo é meu Senhor
Eu quero ser santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque Santo é meu Senhor

Pode tocar a tua trombeta, eu não vou me prostrar diante da tua estátua
Eu não vou recolher as Campinas de Sodoma
Oh, eu estou decidido e não vou voltar atrás oh rei
Eu não vou deixar me seduzir pelos seus manjares

Na corte do Egito ou na casa de César
Na babilônia eu sei que não é meu lugar
Rejeito seus manjares, reprovo os seus altares
E não me iludo com a festa de Beltsazar

Porque eu não cedo, nem retrocedo
Estou decidido e não volto atrás
Sou separado, sou escolhido
Eu sou um santo lutando contra o pecado

Santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque santo é meu Senhor
Eu quero ser santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque santo é meu Senhor

Eu quero ser santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque santo é meu Senhor
Eu quero ser santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo porque santo é meu Senhor

Eu não vou me render, eu não vou render
Eu não me troco, eu não me iludo
A babilônia não tem nada pra mim
Eu quero ser santo senhor, eu quero ser santo como tu Senhor

Composição: Deco Rodrigues / Luiz Arcanjo
Enviada por DIEGO. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog