Vicarious

Tool

Original Tradução Original e tradução
Vicarious

Eye on the TV 'cause tragedy thrills me
Whatever flavor, it happens to be like
Killed by the husband, drowned by the ocean
Shot by his own son, she used a poison in his tea
Then kissed him goodbye
That's my kind of story
It's no fun 'til someone dies

Don't look at me like I am a monster
Frown out your one face but with the other
Stare like a junkie into the TV
Stare like a zombie while the mother holds her child
Watches him die, hands to the sky, crying
Why, oh, why?

'Cause I need to watch things die from a distance
Vicariously, I live while the whole world dies
You all need it too, don't lie

Why can't we just admit it?
Why can't we just admit it?
We won't give pause until the blood is flowin'
Neither the brave nor bold, nor writers of stories told
We won't give pause until the blood is flowin'

I need to watch things die from a good safe distance
Vicariously, I live while the whole world dies
You all feel the same so
Why can't we just admit it?

Blood like rain fallin' down
Drawn on grave and ground

Part vampire, part warrior
Carnivore and voyeur
Stare at the transmittal
Sing to the death rattle

Li-li-li-lie

Credulous at best your desire to believe in angels in the hearts of men
But pull your head on out your hippie haze and give a listen
Shouldn't have to say it all again
The universe is hostile, so impersonal
Devour to survive, so it is, so it's always been

We all feed on tragedy, it's like blood to a vampire

Vicariously, I live while the whole world dies
Much better you than I

Vicário

Olho na TV pois a tragédia me excita
Qualquer que seja o tipo, como
Morta pelo marido afogado pelo oceano
Baleado pelo próprio filho, ela usou um veneno em seu chá
E deu-lhe um beijo de adeus
É meu tipo de história
Nunca é divertido até alguém morrer

Não olhe para mim como se eu fosse um monstro
Despreza com um lado do rosto mas com o outro
Assiste TV como um (a) viciado (a)
Olha como um zumbi enquanto a mãe segura seu filho
E o vê morrer, mãos aos céus, chorando
Por quê, ah, por quê?

Porque eu preciso ver a coisas morrerem a distância
Vicariamente eu vivo enquanto o mundo inteiro morre
Vocês também precisam disso, não mintam

Então porque simplesmente não admitimos?
Então porque simplesmente não admitimos?
Nós não daremos trégua até que o sangue seja derramado
Nem as corajosas, nem as destemidas, nem a mais brilhante das histórias seja contada
Nós não daremos trégua até que o sangue esteja jorrando

Eu preciso ver a coisas morrerem a uma boa e segura distância
Vicariamente eu vivo enquanto o mundo inteiro morre
Todos vocês sentem o mesmo
Então porque simplesmente não admitimos?

Sangue caindo como chuva
Batendo no túmulo e no chão

Parte vampiro, parte guerreiro
Carnívoro e voyeur
Olhe fixo para a transmissão
Cante ao som da morte

La-la-la-mentira

Crédulo em seu melhor desejo de acreditar em anjos nos corações dos homens
Desista dessas ideias hippies e incertas e ouça um pouco
Não deveria ter que dizer tudo isso de novo
O universo é hostil, tão impessoal
Devorar para sobreviver, é assim hoje, é assim que sempre foi

Todos nós nos alimentamos de tragédia, como sangue para um vampiro

Vicariamente, eu vivo enquanto o mundo inteiro morre
Antes você do que eu

Composição: Adam Jones / Danny Carey / Justin Chancellor / Maynard James Keenan
Enviada por Adrian. Legendado por Instituto e mais 2 pessoas. Revisões por 10 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Tool

Ver todas as músicas de Tool