Porcuntroço

Tolerância Zero

Participação: João Gordo / Andréas Kisser

O cururu pisa na bola
O pau no cú
Só deita e rola
Se pego eu mato
Esmago detono
Eu tiro sangue

Porcuntroço
Vulgo Pilantra

Quando se odeia a adrenalina ferve na veia
O dedo coça e você quer sentir o gosto da violência
A cobra fuma, eu sento a pua
Foda-se
Eu quero ver o circo pegar fogo

Porcuntroço
Vulgo Pilantra

É foda o sujeito era medíocre
Amarrado e pendurado de ponta cabeça
Coberto de socos e pontapés
Acho que já não sente seus movimentos
A febre causada pelos ferimentos e hematomas
Agravam a situação desesperada do desgraçado
Que baba, atordoado saliva e sangue

Porcuntroço
Vulgo Pilantra


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Tolerância Zero

Ver todas as músicas de Tolerância Zero