É só pegar o moleque

Botar ele na roda, na moda, na tela
aí relaxa, ele se afunda sozinho
ninguém lembra de nada
acabou o caminho
ninguém sorri pra você
ninguém precisa mais do seu sorriso imbecil
estampado na cara
se já não é atração do domingo à tarde na televisão
já não presta pra nada!

Quando olham pra você enxergam o cifrão lhe dão a chance de tapar o buraco da programação
15 minutos de fama é pouco
mas talvez seja o bastante
pra quem não é sobrinho do patrão
seu talento é genial quando não passa de um idiota
ninguém tá preocupado o q vai ser do pouca bosta
entregam o vale-transporte
não tente depender da sorte
se vira que você não é quadrado
já deve ter aprendido sozinho a limpar o rabo!
já não presta pra nada!

Todos querem consumir um pouco
Todos querem aparecer um pouco
O desespero é o pior sintoma da decadência!


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Tolerância Zero

Ver todas as músicas de Tolerância Zero