Pretexto

Thiaguinho

Tava desacreditando do amor
Quando de repente num olhar o meu mundo parou
Parecia um filme, coisa de cinema
Mas até que enfim você chegou

Todo exagerado, isso eu sei que sou
É que minha vontade hoje é te chamar de meu amor
Tô pulando etapas, meio maluquinho
Tô tão diferente do que eu sou

Se eu tiver muito, por favor me fala
Dá um jeito e manda eu parar
É que eu não sei pensar em mais ninguém
Na roda dos meus amigos nem me reconhecem mais

Só eu sei porque eu mudei
Vou dizer o que me conquistou
Foi esse teu jeito, a cor do cabelo
Esse teu sorriso, esse teu calor

O jeito do beijo, esse teu carinho
Esse teu corpinho, a gente encaixou tão bem
Que eu não tenho mais pretextos
Pra não te chamar de amor
Que eu não tenho mais pretextos
Pra não te chamar

'Tava desacreditando do amor
Quando de repente num olhar o meu mundo parou
(Parecia filme, coisa de cinema)
Mas até que enfim você chegou

Todo exagerado, isso eu sei que sou
É que minha vontade hoje é te chamar de meu amor
(Tô pulando etapas, meio maluquinho)
Tô tão diferente do que eu sou

Se eu tiver muito, por favor me fala
(Dá um jeito e manda eu parar)
É que eu não sei pensar em mais ninguém
Na roda dos meus amigos nem me reconhecem mais

Só eu sei porque eu mudei
Vou dizer o que me conquistou
Foi esse teu jeito, a cor do cabelo
Esse teu sorriso, esse teu calor

O jeito do beijo, esse teu carinho
Esse teu corpinho, a gente encaixou tão bem
Que eu não tenho mais pretexto
Pra não te chamar de amor
Que eu não tenho mais pretextos
Pra não te chamar de amor

Que eu não tenho mais pretexto
Pra não te chamar de amor
Que eu não tenho mais pretexto
Pra não te chamar
Agora vou te chamar de amor


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Thiaguinho

Ver todas as músicas de Thiaguinho