New York

Thegiornalisti

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

New York

Giro male la testa da una parte all’altra
Conto le stelle della bandiera americana
Come la tua gonna
Come la tua gomma
Si muovono gli eserciti
Qui c’è voglia di scappare
Per trovare un po’ di pace
Dove bisogna andare?
Mi ricordi l’alba vera
Mi ricordi l’alba vera
Sarà un altro giorno passato nel letto
Con la bottiglia dell’acqua a fianco
E il telefono stretto

E questo sole da New York
Mi sveglia nel mattino
Ma non sei qui vicino, eh no
E vorrei dormire ancora un po’
Mentre volano le foglie di questo autunno
Che il vento poi le porta fino a Saturno
O dove sei tu
O dove sei tu

Comincio la battaglia
Con la mente e con il corpo
Ma faccio la canaglia e prendo la chitarra
Che mi porta fino a cena
Che mi porta fino a casa

Sarà un altro giorno passato nel letto
Con la bottiglia dell’acqua a fianco
E il telefono stretto

E questo sole da New York
Mi sveglia nel mattino
Ma non sei qui vicino, eh no
E vorrei dormire ancora un po’
Mentre volano le foglie di questo autunno
Che il vento poi le porta fino a Saturno
O dove sei tu
O dove sei tu
O dove sei tu

Il profumo delle Wilson da tennis nuove
Delle Superga al mare
Delle docce all’aperto a Fregene
Di Simone e Cristina che si vogliono bene

E questo sole da New York
Mi sveglia nel mattino
Ma non sei qui vicino, eh no
E vorrei dormire ancora un po’
Mentre volano le foglie di questo autunno
Che il vento poi le porta fino a Saturno
O dove sei tu
O dove sei tu
O dove sei tu

Dove sei tu

Nova york

Eu machuquei minha cabeça de um lado para o outro
Eu conto as estrelas da bandeira americana
Como sua saia
Como sua borracha
Exércitos se movem
Aqui há um desejo de escapar
Para encontrar alguma paz
Onde você tem que ir?
Você me lembra do verdadeiro amanhecer
Você me lembra do verdadeiro amanhecer
Será outro dia na cama
Com a garrafa de água ao lado
E o telefone está apertado

E esse sol de Nova York
Ele me acorda de manhã
Mas você não está perto daqui, eh não
E eu gostaria de dormir um pouco mais
Enquanto as folhas deste outono voam
Que o vento então os traz para Saturno
Ou onde você está
Ou onde você está

Eu começo a batalha
Com a mente e o corpo
Mas eu sou um canalha e eu tomo o violão
O que me leva para jantar
O que me leva para casa

Será outro dia na cama
Com a garrafa de água ao lado
E o telefone está apertado

E esse sol de Nova York
Ele me acorda de manhã
Mas você não está perto daqui, eh não
E eu gostaria de dormir um pouco mais
Enquanto as folhas deste outono voam
Que o vento então os traz para Saturno
Ou onde você está
Ou onde você está
Ou onde você está

O cheiro do novo tênis Wilson
Do Superga para o mar
Chuveiros ao ar livre em Fregene
Simone e Cristina que se amam

E esse sol de Nova York
Ele me acorda de manhã
Mas você não está perto daqui, eh não
E eu gostaria de dormir um pouco mais
Enquanto as folhas deste outono voam
Que o vento então os traz para Saturno
Ou onde você está
Ou onde você está
Ou onde você está

Onde você está?

Composição: Tommaso Paradiso / Dardust
Enviada por Marcelo. Legendado por Ivan. Revisão por Ivan.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Thegiornalisti

Ver todas as músicas de Thegiornalisti