The Fishmonger’s Daugther

The Witcher

Original Tradução Original e tradução
The Fishmonger’s Daugther

Oh fishmonger, oh fishmonger
Come quell your daughter's hunger

To pull on my horn
As it rises in the morn
For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

Oh fishmonger, oh fishmonger
Come quell your daughter's hunger

To pull on my horn
As it rises in the morn
For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

Oh fishmonger, oh fishmonger
Come quell your daughter's hunger

To pull on my horn
As it rises in the morn
For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

Oh fishmonger, oh fishmonger
Come quell your daughter's hunger

To pull on my horn
As it rises in the morn
For 'its naught, but bad luck
To fuck with a puck
Lest your grandkid be born
A hairy young faun
Bleating and braying all day, hey ho
The fishmonger's daughter, ba ba

Oh fishmonger, oh fishmonger
Come quell your daughter's hunger

A Filha do Peixeiro

Oh peixeiro, oh peixeiro
Venha conter a fome da sua filha

De puxar meu chifre
Assim que ele levanta pela manhã
Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Oh peixeiro, oh peixeiro
Venha conter a fome da sua filha

De puxar meu chifre
Assim que ele levanta pela manhã
Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Oh peixeiro, oh peixeiro
Venha acabar com a fome da sua filha

De puxar meu chifre
Assim que ele levanta pela manhã
Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Oh peixeiro, oh peixeiro
Venha conter a fome da sua filha

De puxar meu chifre
Assim que ele levanta pela manhã
Pois não trás nada, além de azar
Foder com um bute (espírito maligno ou travesso)
Para que seu neto não nasça
Um jovem fauno peludo
Balindo e zurrando o dia todo, hey ho
A filha do peixeiro, ba ba

Oh peixeiro, oh peixeiro
Venha conter a fome da sua filha

Enviada por Mariana e traduzida por Lara.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog