My Ordinary Life

The Living Tombstone

Original Tradução Original e tradução
My Ordinary Life

They tell me keep it simple
I tell them take it slow
I feed and water an idea
So I let it grow
I tell them take it easy
They laugh and tell me no
It’s cool but I don’t see them laughing
At my money though

They spittin facts at me
I'm spittin tracks, catch me?
I'm spinning gold out my records
Know you can’t combat me
They tell me Jesus walks
I tell them money talks
Bling got me chill
'Cause I'm living in an ice box

They tell me I've been sleepin'
I say I'm wide awake
Tracks hot and ready
So they call me Mister E-Z Bake
They say the grass is greener
I think my grass is dank
Drivin' with a drank
On an empty tank to the bank

Do you feel me?
Take a look inside my brain
The people always different
But it always feels the same
That’s the real me
Pop the champagne
The haters wanna hurt me
And I'm laughin at the pain

Stayin' still, eyes closed
Let the world just pass me by
Pain pills, nice clothes
If I fall I think I’ll fly
Touch me, Midas
Make me part of your design
None to guide us
I feel fear for the very last time

They tell me that I'm special
I smile and shake my head
I’ll give them stories to tell friends
About the things I said
They tell me I'm so humble
I say I'm turning red
They let me lie to them
And don’t feel like they’ve been misled

They give so much to me
I'm losing touch, get me?
Served on a silver platter
Ask for seconds they just let me
They tell me I'm a God
I'm lost in the facade
Six feet off the ground at all times
I think I'm feelin' odd

No matter what I make
They never see mistakes
Makin' so much bread
I don’t care that they’re just being fake
They tell me they’re below me
I act like I'm above
The people blend together
But I would be lost without their love

Can you heal me?
Have I gained too much?
When you become untouchable you’re unable to touch
Is there a real me?
Pop the champagne
It hurts me just to think
And I don’t do pain

Stayin' still, eyes closed
Let the world just pass me by
Pain pills, nice clothes
If I fall I think I’ll fly
Touch me, Midas
Make me part of your design
None to guide us
I feel fear for the very last time

Lay still, restless
Losing sleep while I lose my mind
All thrill, no stress
All my muses left behind
World is, below
So high up, I'm near divine
Lean in, let go
I feel fear for the very last time

Minha Vida Ordinária

Eles me dizem para simplificar
Eu digo para eles irem devagar
Eu alimento e rego uma ideia
Então a deixo crescer
Eu lhes digo para pegarem leve
Eles riem e dizem não
Tudo bem, mas eu não os vejo rindo
Do meu dinheiro, no entanto

Eles cospem fatos em mim
Estou cuspindo músicas, me entende?
Eu faço ouro dos meus discos
Você sabe que não pode me combater
Eles me falam que Jesus anda
Eu lhes digo que o dinheiro fala
O dinheiro esfria minha cabeça
Por isso estou vivendo em uma caixa de gelo

Eles falam que ando dormindo
Eu digo que estou bem acordado
Músicas fodas e prontas
Eles me chamam de Senhor Assa Fácil
Eles falam que a grama é mais verde
Eu digo que o meu verde está suando aqui
Estou dirigindo bêbado
De tanque vazio indo para o banco

Você me entende?
Olhe dentro do meu cérebro
As pessoas são sempre diferentes
Mas sempre parecem as mesmas
Esse sou eu de verdade
Estoure o champanhe
Os invejosos querem me machucar
E estou rindo da dor

Ficando parado, olhos fechados
Deixo o mundo passar por mim
Analgésicos, roupas caras
Se eu cair, acho que irei voar
Me toque, Midas
Me faça parte do seu design
Ninguém para nos guiar
Eu senti medo pela última vez

Eles dizem que sou especial
Eu sorrio e balanço minha cabeça
Vou lhes dar história para contar aos amigos
Sobre as coisas que eu disse
Eles dizem que sou humilde
Falo que estou envergonhado
Eles deixam eu mentir para eles
E nem sequer se sentem enganados

Eles me dão demais
Estou perdendo o toque, me entende?
Servido em uma bandeja de prata
Peço segundos e eles apenas me dão
Eles dizem que sou um Deus
Me perdi nessa máscara
A seis pés do chão a todo momento
Estou me sentindo estranho

Não importa o que eu faça
Eles nunca enxergam os erros
Fazendo tanto dinheiro
Não me importo que eles sejam falsos
Eles falam que estão abaixo de mim
Eu ajo como se estivesse acima
As pessoas se misturam
Porém, eu estaria perdido sem o amor deles

Você pode me curar?
Eu ganhei demais?
Quando você se torna intocável, você é incapaz de tocar
Existe um eu verdadeiro?
Estoure o champanhe
Me dói só de pensar
E eu não gosto da dor

Ficando parado, olhos fechados
Deixo o mundo passar por mim
Analgésicos, roupas caras
Se eu cair, acho que irei voar
Me toque, Midas
Me faça parte do seu design
Ninguém para nos guiar
Eu senti medo pela última vez

Deito parado, inquieto
Perdendo o sono enquanto perco a cabeça
Toda emoção, sem estresse
Todas minhas musas deixadas para trás
O mundo está abaixo
Tão alto, estou perto do divino
Se incline, deixe ir
Eu senti medo pela última vez

Composição: Sam Haft
Enviada por Vitor e traduzida por The_Criator. Legendado por Dimitria e charlinho. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog