Baby Don't You Lie To Me!

The Fratellis

Original Tradução Original e tradução
Baby Don't You Lie To Me!

Well, little girl you can roll your eyes at the very sight of me
Do everything in spite of me
But baby don't you lie to me
I'll take your mood swings, I'll dig a hole in your dishonesty
I will kneel down in your company
But baby don't you lie to me

I'll be your red-cheeked lover and your man of regret
There'll be no desert too dry and no ocean too wet
I'll be your punchbag substitute, I'll sharpen your claws
When you come tumbling down you're still in my thoughts

Well, there's a one thing, baby, I could never reply
No matter how much you beg, no matter how hard you try
You can't tell me that I'll never be free
Baby don't you lie to me

Well, little sister, I can handle the thought of you despising me
Dancing on my grave and baptising me
As long as baby you don't lie to me
I'll bend until you have broken my will I'll be no enemy
You'll never hear so much as a complaint from me
As long as baby you don't lie to me

Well, you can take my house, don't take my pride
Take all my valentines cards and tear them open wide
Chase my friends, ruin my name
I won't ever fight back, I'll be easy to blame

Well, there's just one thing, baby, I will always despise
Not the crack of your whip or the hatred in your eyes
I got only one reasonable plea
Baby don't you lie to me
Burn my house, throw me out, pull me down, sell my clothes
I'll dig you out of a hole when your ignorance shows
I'll be anything you need me to be
Baby don’t you lie to me

Every time your lips move, baby
Someone somewhere's bound to cry
I don't even think you're quite
Aware of how or why
Life for you could be so easy
If you'd only shut your mouth
Every time you feel those words come

Running out, running out, running out
Running out, running out, running out
Running out, running out, running out
Running out, running out, running out

There's just one thing, baby, I could never abide
No matter how much you beg no matter how hard you try
You can tell me that I'll never be free
Baby don't you lie to me
Drag my name and reputation over the cold hard stones
Break my heart up into pieces, honey, shatter my bones
You can kill me with your repartee
Baby don't you lie to me

Yeah, there's just one thing, baby, I will always despise
Not the crack of your whip or the hatred in your eyes
I got only one reasonable plea
Baby don't you lie to me
Burn my house, throw me out, pull me down, sell my clothes, oh yeah
I'll dig you out of a hole when your ignorance shows
I'll be anything you need me to be
Baby don't you lie to me

Querida, Não Minta Para Mim!

Bem, garota você pode rolar seus olhos ao me ver
Faça tudo apesar de mim
Mas, querida, não minta para mim
Eu aceitarei suas mudanças de humor, eu farei um buraco em sua desonestidade
Eu me ajoelharei a sua companhia
Mas, querida, não minta para mim

Eu serei o seu amante das bochechas vermelhas e seu homem de consolo
Não haverá deserto muito seco e nenhum oceano molhado demais
Eu serei seu saco de pancadas substituto, eu amolarei suas garras
Quando você está abatida, você ainda está em meus pensamentos

Bem, há uma coisa, querida, eu nunca poderia responder
Não importa o quanto você implore, não importa o quanto tente
Você não pode me dizer que eu nunca serei livre
Querida, não minta para mim

Bem, queridinha, eu posso suportar a ideia de você me odiar
Dançando no túmulo e me batizando
Contanto que você não minta para mim, querida
Eu vou me curvar até que você tenha quebrado minha vontade, eu não serei um inimigo
Você nunca vai ouvir nem sequer uma queixa minha
Contanto que você não minta para mim, querida

Bem, você pode ficar com a minha casa, não leve meu orgulho
Leve todos os meus cartões do Dia dos Namorados e rasgue-os
Persiga meus amigos, acabe com meu nome
Eu não irei retrucar, serei faço de se culpar

Bem, há apenas uma coisa, querida, que eu sempre irei odiar
Não é o estalo de seu chicote ou o ódio em seus olhos
Eu tenho apenas um fundamento razoável
Querida, não minta para mim
Queime minha casa, me expulse de casa, me puxe par baixo, venda minhas roupas
Eu vou te tirar do buraco quando sua ignorância aparecer
Eu serei qualquer coisa que você precisar que eu seja
Querida, não minta para mim

Toda vez que seus lábios se movem, querida
Alguém em algum lugar é obrigado a chorar
Eu sequer penso que você está ciente de
Como ou por que
A vida para você poderia ser tão mais fácil
Se você apenas fechasse a boca
Toda vez que sentir que essas palavras vierem

Esgotando, esgotando, esgotando
Esgotando, esgotando, esgotando
Esgotando, esgotando, esgotando
Esgotando, esgotando, esgotando

Só há uma coisa, querida, eu nunca poderei suportar
Não importa o quanto você implore, não importa o quanto você tente
Você não pode me dizer que eu nunca serei livre
Querida, não minta para mim
Arraste meu nome e reputação sobre as pedras duras e geladas
Quebre meu coração em pedaços, querida, destrua meus ossos
Você pode me matar com a sua repartição
Querida, não minta para mim

Yeah, bem, há apenas uma coisa, querida, que eu sempre irei odiar
Não é o estalo de seu chicote ou o ódio em seus olhos
Eu tenho apenas um fundamento razoável
Querida, não minta para mim
Queime minha casa, me expulse de casa, me puxe par baixo, venda minhas roupas, oh yeah
Eu vou te tirar do buraco quando sua ignorância aparecer
Eu serei qualquer coisa que você precisar que eu seja
Querida, não minta para mim

Enviada por amdmts e traduzida por Leonard.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog