Semana do Inglês com Música
dias horas minutos
Participar

Is There Anybody Here

The Dear Hunter

Original Tradução Original e tradução
Is There Anybody Here

I lay my body down
To rest my weary head
I think I left someone there
I left myself for dead

Is there anybody here who can tell me where I am
Or at least where I have been?
Because I fear I’m lost
And I cannot be found
Again

I left my soul exposed
To frail hands who hold
My fate up in the air
And through their fingers fall
The meaning of it all
Down to the floor it goes

So is there anybody here who can tell me where I am
Waking in the afternoon
A captive in a passive tomb
Moments turn to long decembers
Stoking fires from dying embers
I try to move a limb
But there's a disconnect within
A devil in the alchemy
A phantom staring back at me
It's you

So is there anybody here, who can tell me where I am
Or at least where I have been?
Because I fear I’m lost
And I cannot be found again

Just waking in the afternoon
A captive in a passive tomb
Moments turn to long decembers
Stoking fires from dying embers
I try to move a limb but there's a disconnect within
A devil in the alchemy
A phantom staring back at me

A pain I simply can't express
From troubles I have long repressed
And then, there's you

Há Alguém Aqui?

Eu deito o meu corpo
Para descansar minha cabeça cansada
Acho que deixei alguém lá
Eu deixei a mim mesmo para morrer

Há alguém aqui que pode me dizer onde eu estou?
Ou, pelo menos, onde eu estive?
Porque tenho medo de estar perdido
E não poder ser encontrado
Novamente

Eu deixei minha alma exposta
Para mãos frágeis que seguram
Meu destino no ar
E através de seus dedos cai
O significado de tudo isso
Para o chão ele vai

Então, há alguém aqui que pode me dizer onde eu estou?
Acordando pela tarde
Aprisionado em um túmulo passivo
Momentos se tornam longos dezembros
Alimentando chamas de brasas moribundas
Eu tento mover um membro
Mas há uma desconexão dentro
O trabalho de um diabo
Um fantasma encarando para mim
É você

Então, há alguém aqui que pode me dizer onde eu estou?
Ou, pelo menos, onde eu estive?
Porque tenho medo de estar perdido
E não poder ser encontrado novamente

Apenas acordando pela tarde
Aprisionado em um túmulo passivo
Momentos se tornam longos dezembros
Alimentando chamas de brasas moribundas
Eu tento mover um membro mas há uma desconexão dentro
O trabalho de um diabo
Um fantasma encarando para mim

Uma dor que eu simplesmente não consigo expressar
De problemas que reprimi há muito tempo
E então, há você

Enviada por Larissa e traduzida por Gustavo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de The Dear Hunter

Ver todas as músicas de The Dear Hunter