Disintegration

The Cure

Original Tradução Original e tradução
Disintegration

Oh, I miss the kiss of treachery
The shameless kiss of vanity
The soft and the black and the velvety
Up tight against the side of me
And mouth and eyes and heart all bleed
And run in thickening streams of greed
As bit by bit it starts the need
To just let go my party piece

Oh, I miss the kiss of treachery
The aching kiss before I feed
The stench of a love for a younger meat
And the sound that it makes when it cuts in deep
The holding up on bended knees
The addiction of duplicities
As bit by bit it starts the need
To just let go my party piece

But I never said I would stay to the end
So I leave you with babies and hoping for frequency
Screaming like this in the hope of the secrecy
Screaming me over and over and over
I leave you with photographs, pictures of trickery
Stains on the carpet and stains on the scenery
Songs about happiness murmured in dreams
When we both us knew how the ending would be

So it's all come back round to breaking apart again
Breaking apart like I'm made up of glass again
Making it up behind my back again
Holding my breath for the fear of sleep again
Holding it up behind my head again
Cut in deep to the heart of the bone again
Round and round and round and it's coming apart again
Over and over and over

Now that I know that I'm breaking to pieces
I'll pull out my heart and I'll feed it to anyone
Crying for sympathy, crocodiles cry
For the love of the crowd
And the three cheers from everyone
Dropping through sky
Through the glass of the roof
Through the roof of your mouth
Through the mouth of your eye
Through the eye of the needle
It's easier for me to get closer to heaven
Than ever feel whole again

I never said I would stay to the end
I knew I would leave you with babies and everything
Screaming like this in the hole of sincerity
Screaming me over and over and over
I leave you with photographs, pictures of trickery
Stains on the carpet and stains on the memory
Songs about happiness murmured in dreams
When we both of us knew how the end always is

How the end always is

How the end always is
How the end always is
How the end always is
How the end always is

Always is
Always is

Desintegração

Oh eu sinto falta do beijo da traição
O beijo desavergonhado da vaidade
O leve e o preto e o aveludado
Apertado contra o meu lado
E boca e olhos e o coração todos sangram
E correm em fluxos espassados de ganância
Pouco a pouco começa a necessidade
De apenas deixar pra lá meu pedaço partido

Oh eu sinto falta do beijo da traição
O beijo dolorido antes de eu alimentar
O mau cheiro de um amor por carne mais jovem
E o som que faz quando se corta fundo
O levantar de joelhos dobrados
O vício de duplicidades
Pouco a pouco começa a necessidade
De apenas deixar pra lá meu pedaço partido

Mas eu nunca disse que ficaria até o fim
Então eu deixo você com crianças esperando por mais
Gritando assim na esperança do sigilo
Me gritando mais e mais e mais
Eu deixo você com fotografias, fotos da traição
Manchas no tapete e manchas no cenário
Canções sobre felicidade murmurada em sonhos
Quando nós dois sabíamos como o fim seria

Então tudo volta para acabar novamente
Destruindo como eu fosse feito de vidro novamente
Fazendo tudo por minhas costas novamente
Segurando meu fôlego pelo medo de dormir novamente
Mantendo isso atrás de minha cabeça novamente
Corte profundamente até centro dos ossos novamente
Rodando, rodando, rodando e está se separando de novo
Mais uma vez, mais uma vez, mais uma vez

Agora que sei que estou me despedaçando
Eu vou retirar meu coração e entrega-lo a qualquer um
Chorando por simpatia, lágrimas de crocodilo
Pelo amor da platéia
E três "Vivas" de todo mundo
Caindo através do céu
Através do vidro do teto
Através da céu da sua boca
Através da boca do seu olho
Através do olho da agulha
É mais fácil para mim ficar mais perto do paraíso
Que me sentir inteiro de novo

Eu nunca disse que ficaria até o fim
Eu soube que deixaria você com crianças e todas as coisas
Gritando assim no esconderijo da sinceridade
Gritando mais e mais
Eu deixo você com fotografias, fotos da traição
Manchas no tapete e manchas na memória
Canções sobre felicidade murmuradas em sonhos
Quando nós dois sabíamos como o fim sempre é

Como o fim sempre é

Como o fim sempre é
Como o fim sempre é
Como o fim sempre é
Como o fim sempre é

Sempre é
Sempre é

Composição: The Cure
Legendado por Ana. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de The Cure

Ver todas as músicas de The Cure