Abracadavers

The Classic Crime

Original Tradução Original e tradução
Abracadavers

It's like I never had time to look away
Bodies stuck between death and decay
Are plastic and set up on display
And their eyes are wide and they are looking my way
Each ligament exposed each muscle connected
And every organ that I proudly neglected
Have been arranged for the common collective
Stomaching the sight of human flesh resurrected

It seems we're fearfully made and designed
But it's a shame we can be so blind

We're all the same
Made of hair and bones
And water and blood cells
And we're all to blame
For spending way too much
Time on ourselves

I have been blessed and now I'm blind
A veils been pulled over my eyes
Now every bad season that kept me believing
Seems so contrived
There's more glory to be seen
And savored through suffering
Then ever was through self serving escape

It seems we're fearfully made and designed
But it's a shame we can be so blind

We're all the same
Made of hair and bones
And water and blood cells
And we're all to blame
For spending way too much
Time on ourselves

Ashes to ashes and dust to dust

We're all the same
Made of hair and bones
And water and blood cells
And we're all to blame
For spending way too much
Time on ourselves

Abracadaveres

É como se eu nunca tivesse tempo, para olhar
Corpos encravados entre morte decadência
São plastificados e postos à mostra
Os olhos deles estão abertos e estão olhando meu caminho
Cada ligamento exposto, cada músculo conectado
Cada órgão, que eu orgulhosamente negligencio
Foram arranjados para uma comum coletiva
O estômago doendo com a visão do Homem Ressuscitado

Parece que fomos feitos e modelados com medo
Mas é uma lástima, nós podemos ser tão cegos

Nós somos todos iguais
Feitos de cabelo, e ossos
E água, e células sanguíneas
E nós somos todos culpados
Por gastar tanto tempo
Em nós mesmos

Eu estava sendo abençoado, e agora estou cego
Veias afloraram por sobre os meus olhos
Agora toda má temporada que me mantém acreditando
Parece tão conspirado
Há mais Glória pra ser vista
E sabor através de sofrimento
Então sempre foi através de um escape propriamente servido

Parece que fomos feitos e modelados com medo
Mas é uma lástima, nós podemos ser tão cegos

Nós somos todos iguais
Feitos de cabelo, e ossos
E água, e células sanguíneas
E nós somos todos culpados
Por gastar tanto tempo
Em nós mesmos

Das cinzas às cinzas, e do pó ao pó

Porque nós somos todos iguais
Feitos de cabelo, e ossos
E água, e células sanguíneas
E nós somos todos culpados
Por gastar tanto tempo
Em nós mesmos

Composição: Justin Duque / Matthew MacDonald / Robbie Negrin
Enviada por Camila e traduzida por Daniel. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de The Classic Crime

Ver todas as músicas de The Classic Crime