Turbilhão

Thalles Roberto

Dias de ventos contrários
A vida num turbilhão
Deus me estende a mão
Não tenho mais a quem recorrer
Mas Deus a minha fé se recusa a desistir

Enquanto o Senhor for Deus
Eu continuo a sonhar
A minha esperança não morre
Pois sei que tu és Deus e pra sempre serás

O Deus que faz o cego ver
Que sobre a morte tem poder
O Deus que faz parar o tempo
O Deus que da ordem ao vento

E se ele prometeu já é
Não importa a situação
Meu Deus é Deus e não há outro igual

Composição: Thalles Roberto
Enviada por Andrea.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog