evermore (feat. Bon Iver)

Taylor Swift

Original Tradução Original e tradução
evermore (feat. Bon Iver)

Gray November
I've been down since July
Motion capture
Put me in a bad light
I replay my footsteps on each stepping stone
Trying to find the one where I went wrong
Writing letters
Addressed to the fire

And I was catching my breath
Staring out an open window
Catching my death
And I couldn't be sure
I had a feeling so peculiar
That this pain would be for evermore

Hey, December
Guess I'm feeling unmoored
Can't remember
What I used to fight for
I rewind thе tape, but all it does is pause
On the vеry moment, all was lost
Sending signals
To be double-crossed

And I was catching my breath
Barefold in the wildest winter
Catching my death
And I couldn't be sure
I had a feeling so peculiar
That this pain would be for evermore
(Evermore)

Can't not think of all the cost
And the things that will be lost
Oh, can we just get a pause?
To be certain we'll be tall again
Whether, weather be the frost
Or the violence of the dog days
I'm on waves, out being tossed
Is there a line that I could just go cross?

And when I was shipwrecked (can't think of all the cost)
I thought of you (all the things that will be lost now)
In the cracks of light (can we just get a pause?)
I dreamed of you (to be certain we'll be tall again)

If you think of all the costs (it was real enough)
Whether weather be the frost (to get me through)
Or the violence of the dog days (or the violence of the dog days)
Out on the waves being tossed (out on the waves being tossed) (I swear)
Is there a line that we could just go cross? (You were there)

And I was catching my breath
Floors of a cabin creaking
Under my step
And I couldn't be sure
I had a feeling so peculiar
This pain wouldn't be for evermore
Evermore (evermore)
Evermore
This pain wouldn't be for evermore (ooh)
Evermore

para sempre (part. Bon Iver)

Novembro cinza
Estou triste desde julho
A captura de movimento
Me deixou numa situação ruim
Eu repito meus passos em cada degrau
Tentando encontrar onde eu errei
Escrevendo cartas
Dirigidas ao fogo

E eu estava recuperando o fôlego
Olhando por uma janela aberta
Agarrando minha morte
E eu não tinha certeza
Eu tive uma sensação tão peculiar
De que essa dor iria durar para sempre

Olá, dezembro
Acho que estou me sentindo à deriva
Não consigo lembrar
Pelo que eu costumava lutar
Eu rebobino as fitas, mas tudo o que isso faz é pausar
No momento exato em que tudo se perdeu
Enviando sinais
Para cair numa emboscada

E eu estava recuperando o fôlego
Descalça no inverno mais selvagem
Agarrando minha morte
E eu não tinha certeza
Eu tive uma sensação tão peculiar
De que essa dor iria durar para sempre
(Para sempre)

Não consigo não pensar em todo o custo
E nas coisas que serão perdidas
Oh, podemos apenas fazer uma pausa?
Para garantir que vamos ficar bem novamente
Seja a geada
Ou a violência dos dias de cão
Estou nas ondas, sendo arremessado
Existe uma linha que eu possa simplesmente cruzar?

E quando naufraguei (não consigo pensar em todo o custo)
Eu pensei em você (e nas coisas que serão perdidas)
Nas fendas da luz (podemos apenas fazer uma pausa?)
Eu sonhei com você (para garantir que vamos ficar bem novamente)

Se você pensar em todos os custos (foi real o bastante)
Seja a geada (para me fazer aguentar)
Ou a violência dos dias de cão (ou a violência dos dias de cão)
Nas ondas, sendo arremessado (nas ondas, sendo arremessado) (eu juro)
Existe uma linha que poderíamos simplesmente cruzar? (Você estava lá)

E eu estava recuperando o fôlego
O piso da cabana rangendo
Sob meus pés
E eu não tinha certeza
Eu tive uma sensação tão peculiar
De que essa dor não iria durar para sempre
Para sempre (para sempre)
Para sempre
Essa dor não iria durar para sempre (ooh)
Para sempre

Composição: Justin Vernon / Taylor Swift / William Bowery
Enviada por Alamberg e traduzida por lucas. Legendado por Ally. Revisão por Sophia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Taylor Swift

Ver todas as músicas de Taylor Swift