A Queda Dos Anjos

Taxi

Era novo a noite estava fria
E ninguém sabia o que fazer
Ir p'ra casa com alguns amigos
Ou exp'rimentar prazer

Tudo foi muito bem pensado
Até tomámos uma decisão
Ir tentar a casa da rosete
É o tira e mete que boa diversão

É o melhor p'ra quebrar a tensão
É o melhor p'ra quebrar a tensão
Eu vou exp'rimentar, eu vou exp'rimentar.

Eu vou à rosete
Eu vou à rosete
Eu vou à rosete
É uma tentação, mas que tentação.

O transporte era o mais difícil
Mas com sorte consegui resolver
O manel, o quim e eu à frente
E os outros foram lá ter

Deparámos com uma casa antiga
Mas ninguém queria ir bater
Ao todo éramos uns sete
Foi a rosete que veio receber

A malta toda estava a tremer
A malta toda estava a tremer
Mas eu vou entrar
Mas eu vou entrar

Eu vou à rosete
Eu vou à rosete
Eu vou à rosete
É uma tentação, mas que tentação.

Depois disso já por muito passei
O que lembro não me interessa contar
Só sei que foi tudo tão bom
Eu hei-de lá voltar

Dessa noite não me esqueço mais
Só que disso não podemos falar
Foi na casa da dona rosete
O tira e mete é de chorar por mais

O mete e tira e outras coisas que tais
O mete e tira e outras coisas que tais
Eu hei-de lá voltar eu hei-de lá voltar

Eu fui à rosete
Eu fui à rosete
Eu fui à rosete
Eu hei-de lá voltar hei-de lá voltar

Eu fui à rosete
Eu fui à rosete
Eu fui à rosete
Eu hei-de lá voltar eu vou exp'rimentar

Eu fui à rosete
Eu fui à rosete
Eu fui à rosete é uma tentação mas que curtição


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Taxi

Ver todas as músicas de Taxi